Previsão da Temporada 2017-18: Golden State Warriors

A franquia do dia para a nossa série de previsões para a temporada 2017-18 da NBA é a equipe atual campeã da maior liga de basquete do mundo: o Golden State Warriors.

A franquia foi fundada no ano de 1946 com o nome de Philadelphia Warriors, na Pensilvânia. 16 anos depois, a franquia se transferiu para São Francisco, mudando seu nome para San Francisco Warriors fazendo cada vez mais partidas na Oracle Arena, juntando todo o estado da Califórnia sendo batizado de Golden State Warriors em 1971, mantendo sua base em Oakland em 1972. Atualmente, o Warriors conquistou seu 5º título, sendo campeão em 1947, em 1956, em 1975 e em 2015 e tem o maior número de vitórias em uma temporada, com 73 vitórias contra o Bulls de 1995-96 com 72.

Desempenho na Temporada 2016-17 (67-15):

A maior dúvida do time no começo da temporada era como encaixar Kevin Durant em um time que tinha Stephen Curry, Klay Thompson, Andre Iguodala e Draymond Green. Iria diminuir as médias de Curry, Klay, Iguodala e Draymond com a vinda de KD? Steve Kerr teria dores de cabeça para ver como o MVP da NBA em 2013-14 iria atuar em uma equipe que tinha acabado de ter apenas 9 derrotas em 82 jogos? A resposta para as duas perguntas foi a mesma: não.

Durant veio para fazer a diferença e buscar seu primeiro anel já que perdeu para o Heat em 2011-12 nas Finais e foi eliminado pelo Warriors na Final da Conferência Oeste nos playoffs da temporada 2015-16, ambas com a camisa do Oklahoma City Thunder. O super-time não era visto como o grande favorito para ser campeão da NBA no início da temporada, mas a história mudou com o decorrer do campeonato, tendo chegado às Finais da NBA com 12 vitórias e nenhuma derrota.

O final dessa história nós já sabemos: Warriors conquistando o penta-campeonato da NBA em cima do Cavaliers que derrotaram nas Finais de 2016 e KD, depois de muito tempo, sendo campeão da NBA e MVP das Finais.

Elenco

– Armadores: Stephen Curry e Shaun Livingston;

– Alas-armadores: Antonius Cleveland, Michael Gbinije, Alex Hamilton, Klay Thompson e Nick Young;

– Alas: Omri Casspi, Kevin Durant, Andre Iguodala, Kevon Looney e Georges Niang;

– Alas-pivôs: Jordan Bell, Chris Boucher, Draymond Green e David West;

– Pivôs: Damian Jones, JaVale McGee e Zaza Pachulia;

– Técnico: Steve Kerr.

Jogador chave

Depois do que se pode ver tanto na temporada 2016-17 e nos playoffs e Finais, não será surpresa de que Kevin Durant consiga manter sua participação defensiva e ofensiva em sua 2ª temporada com o Warriors, já que em sua primeira temporada com o Golden State pode ser considerada uma das ou até a melhor de sua carreira.

Análise:

Uma equipe que não muda seu estilo de jogo e a base desde que foram campeões da NBA em 2014-15 em cima do Cleveland Cavaliers por 4 a 2. Dos jogadores campeões naquele ano, os que fizeram diferença se mantêm em Oakland: Stephen Curry, Draymond Green, Klay Thompson, Andre Iguodala e Shaun Livingston. Da temporada 2016-17 para a temporada 2017-18, as movimentações foram poucas, mas de extrema importância para manter o título na Califórnia.

Mesmo perdendo James Michael McAdoo (76ers) e Ian Clark (Pelicans), o Warriors conseguiu reforçar sua equipe na sua principal característica: as bolas de três. A equipe trouxe Nick Young (Lakers) e Omri Casspi (Timberwolves), dois atletas que tem aproveitamento nos arremessos de 3 pontos parecidos aos de Curry (41,1% de aproveitamento) e de Klay Thompson (41,4%). O ala-armador ex-Lakers conseguiu um aproveitamento de 40,4%, enquanto o jogador que atuou pelas equipes do Kings, do Pelicans e do Timberwolves somente na temporada passada conseguiu acertar 34,9% dos arremessos tentados no perímetro.

Mas mesmo se tratando de reforços, a equipe conseguiu manter jogadores importantes no seu elenco. Começando por Curry, que assinou o 2º contrato mais caro da história da NBA (201 milhões de dólares por 5 anos) e Kevin Durant, MVP das Finais (53 milhões de dólares por 2 anos). E a lista não para por aí. O tantas vezes criticado Zaza Pachulia ficará em Oakland por mais tempo, assim como Shaun Livingston, David West, JaVale McGee e Andre Iguodala, conseguindo manter uma equipe que consiga ser efetiva tanto ofensivamente quanto defensivamente.

Jornalistas americanos esperam que o time consiga somar 62 vitórias, 5 a menos do que na temporada passada. Mas nós aumentamos mais 3 números nessa previsão, acreditando que o time consiga ter 65 vitórias durante as 82 partidas.

Confira abaixo as 25 melhores jogadas do Golden State Warriors na temporada 2016-17:

%d blogueiros gostam disto: