Previsão da Temporada 2017-18: Dallas Mavericks

O Dallas Mavericks é uma franquia que fica localizada em Dallas, no Texas. A franquia foi fundada em 1980, e compete na divisão Sudoeste na conferência Oeste e manda seus jogos na American Airlines Center, o Atual dono é o Bilionário Mark Cuban.

Em 1979, os empresários Don Carter e Norm Sonju pediram os direitos de uma franquia da NBA em Dallas, Texas. Tornando-se o segundo time de basquete da cidade, o primeiro havia sido o Dallas Chaparrals da ABA (American Basketball Association,) que em 1973 foi para San Antonio, e depois foi rebatizado para San Antonio Spurs. No All Stars Game de 1980, a associação aprovou a entrada do time, que seria batizado Mavericks citando à série de faroeste (cujo astro James Garner, era um dos sócios do time). O time se instalou na Divisão Meio-oeste da Conferência Oeste, e ficou até 2004, até ser relocado na atual Divisão Sudoeste até os dias de hoje.

Ganhou seu primeiro e único titulo em 2011 vencendo o Miami Heat por 4-2 , cinco anos após ter perdido a final para o mesmo Heat. além destes dois títulos de conferência, Dallas tem em seu currículo três títulos  de divisão (1987, 2006 e 2010).

O Elenco conta ainda nos dias de hoje, com o Maior jogador da História da Franquia, estamos falando de Dirk Nowitzki, um Alemão que foi draftado em 1998 com a nona escolha pelo Milwalkee Bucks, e logo foi trocado pela sexta escolha do Dallas Robert Taylor. desde então vem fazendo história em Dallas e na NBA, Sendo escolhido 12 vezes para o All Star Game,  MVP da temporada em 2007 e MVP das finais de 2011, e atualmente é o sexto maior pontuador da história da NBA.

Desempenho na Temporada 2016-17 (33-49)

Dallas teve um de seus piores resultados nos ultimos anos, ficando na décima primeira posição de sua conferência, o desempenho em quadra embora o resultado mostrar o contrário, não foi tão desanimador assim, pois ainda em alguns momentos o time fazia excelente apresentações, que até chegou fazer a torcida acreditar que os Playoffs viriam, porém a instabilidade do time durante toda a temporada se refletia também nos jogos, onde faziam quartos fantásticos e desastrosos na mesma partida.

Harrison Barnes chegou com Status de estrela afim de finalmente ser protagonista, teve média de 19,2 pontos por jogo mas ainda sim não brilhou tanto quanto esperavam, e acabou acompanhando o time no quesito instabilidade, realizando jogos Brilhantes e outros mais ofuscado.

Nerlens Noel  foi integrado ao elenco no meio da temporada para enfim resolver o problema defensivo que assombra Dallas desde a saída de Tyson Chandles, mas o central  primeira escolha do Draft em 2013 também ficou aquém do esperado com medias baixas de pontos e rebotes, foram apenas 22 partidas, e o jovem Pivô  ainda sim fez boas apresentações com sua presença fisica e energia.

Dirk segue contribuindo bem ao time, mesmo com a segunda pior média de pontos de sua carreira que obviamente se deve a diminuição de minutos e a sua idade, mesmo assim ofensivamente o alemão ainda é uma boa opção.

A decepção talvez ficou com Wesley Matthews que não é o mesmo dos tempos de Portland, principalmente em suas bolas de três pontos. Matthews teve média de 13 pontos por jogo, e a surpresa ficou para o baixinho Yogi Ferrel, que inicialmente fez um contrato de 10 dias, e se saiu muito bem nas partidas inicias, garantindo vaga para a temporada 2017 – 2018

Elenco

Em relação ao time do ano passado foram poucas mudanças, para não dizer quase nenhuma. O principal reforço que pode encher os torcedores de esperança é Dennis Smith Jr., Jovem promessa que foi a nona escolha do Draft. e que se saiu muito bem na Summer league entrando pra o primeiro time do campeonato com média de 17,3 pontos e apresentações que agradaram a torcida liderando o time para uma boa campanha que teve apenas uma derrota para o campeão Lakers. Smith veio da universidade de North Carolina e foi um dos principais jogadores da universidade, e chegou até a ser cogitado para uma posição mais baixa no draft.

Outros dois bons reforços que não são tanta novidade aos arredores de Dallas, são Nerlens Noel e J.J barea que tiveram seus contratos renovados com a franquia, Noel que jogou apenas 22 jogos na temporada passada de forma discreta, tem a chance de mostrar o motivo pelo qual foi primeira escolha de draft. e Barea sempre vindo bem do banco pode continuar ajudando o time que defende à 9 anos (somando as duas passagens dele pela Franquia)

Outras contratações menos badaladas vieram para reforçar o elenco como Josh McRoberts um Ala vindo do Miami tambem veio para integrar o elenco para ajudar na rotação com Dirk que esta cada ano perdendo mais minutos, assim como o Central Jeff Whitey vindo de Utha

Os Mavericks segue observando mais jogadores no Training Camp, por isso podemos ter novidades por ai.

Equipe 2017-18:  

J.J Barea; Seth Curry; PJ Dozier; Yogi Ferrel; Devim Harris; Dennis Smith Jr; Wesley Matthews; Brandon Ashley;  Harrison Barnes; Dorian Finley Smith; Maxi Kleber; Josh McRoberts; Dirk Nowitzki; Dwigth Powell; Nerlens Noel; Salah Mejri; Jeff Withey.

Jogador Chave

Certamente Harrison Barnes fará mais pontos, Dennis Smith Jr. terá que provar seu valor ao longo da temporada. mas enquanto um Alemão estiver dentro de quadra, não haverá destaque maior, Dirk Nowtzki!

É certo que ele  vem perdendo minutos a cada ano, é certo que sua média de pontos vem decaindo também, e até seu percentual de arremesso diminuiu levemente, é certo também que sua marcação que nunca foi seu ponto forte tambem vem decaindo com o tempo. Porém o cara continua fazendo história, e em uma temporada sem muitas pretensões para os Mavericks, Dirk pode ainda se tornar o 5º maior cestinha da história da NBA, estando á 1208 pontos de Wilt Chamberlain. para Dirk conseguir tal feito, ele até poderia manter a média de pontos da temporada passada, porém teria que jogar todos os jogos da temporada regular, algo meio que improvável, ou aumentar a média para 17 pontos por jogo caso participe da mesma quantidade de partidas que participou em 2016.

Além de todo esse fato histórico, Dirk segue ajudando e ajudando bem o time, ele continua decisivo e certeiro nas bolas de três, continua excelente em lances livres, e ainda mantem um alto percentual de arremessos, sem contar no fator Idolo que faz o Ginásio lotar e gritar pelo alemão que é considerado Deus em Dallas e também na Alemanha para os amantes do Basquete, por essas e outras que sem duvida alguma Dirk Nowitzki ainda é o jogador chave da Franquia de Texas.

Análise

Dallas não vem para figurar entre as principais forças do Oeste, a principal duvida continua sendo o que vem acontecendo nos ultimos anos, utilizar o tank ou não ? Mark Cuban ja se mostrou que é totalmente contra á essa postura e cobra que o seu time jogue com absoluta seriedade e vontade. Acredito que a Franquia tem total condição de chegar aos Playoffs, basta encaixar as peças que Rick Carlisle tem a disposição.

Na armação o técnico tem Dennis Smiths como uma jovem promessa que pode deixar todos surpresos em seu primeiro ano , além de bons veteranos como Barea e Devin Harris.

Wesley Matthews ja está indo para seu terceiro ano em Dallas, e  na temporada passada se mostrou muito importante na marcação, fazendo partidas praticamente perfeitas quando anulou Westbrook e outros. Mas não é o suficiente para quem quer almejar algo maior, ele precisa começar a acertar os arremessos do perímetro e usar sua velocidade para ajudar na transição.

Harrison Barnes vem para se firmar como o principal jogador da franquia e precisa ter numeros de tal, minutos ele terá de sobra para mostrar a que veio. e Nerlens Noel vem também para se firmar.

Dirk continua sendo Dirk, alguém que estará lá para decidir e levantar o publico a cada bola, mas além disso será alguém que se entrega de alma para o seu time, que no auge nos seus 39 anos, continua brigando e fazendo de tudo para ver as cores azul e branca  do time de Dallas almejar voos cada vez maiores.

Se Rick Carlisle conseguir fazer com que todas essas incertezas virem certezas absolutas, teremos uma boa surpresa vindo do Texas

Previsão 7º Lugar na conferência Oeste 43 Vitórias e 39 Derrotas

 

 

%d blogueiros gostam disto: