Em noite de Ruivo inspirado e de estreia, Pinheiros bate o América

Vindo de derrota em casa para a equipe de Mogi das Cruzes, a equipe do Esporte Clube Pinheiros enfrentou ontem, pelo Campeonato Adulto, o time de América de Rio Preto e, apesar dos desfalques, o jovem plantel pinheirense superou o time do interior por 83 x 72. Parciais de: 24 x 17; 22 x 4; 23 x 31 e 14 x 30. Mais uma vez desfalcado do técnico César Guidetti, Gemerson, machucado e ainda sem os três americanos (Bennett, Holloway e Chris Ware), a equipe da capital contou com o jovem armador Ruivo, do Sub 19, subindo para o adulto, mais uma vez, com muita personalidade.

Ruivo contra Franca (Foto: Ale da Costa/Portrait imagens)

O jogo começou equilibrado, com Gui bento forte na defesa  e Toledo se destacando na duas partes da quadra. Ele, aliás, foi um dos destaques do jogo com 19 pontos, 8 rebotes e 4 assistências.  Já pelo lado visitante, o americano Darnell Artis foi o atleta mais eficiente de sua equipe, autor de 24 pontos, 7 assistências e 2 rebotes. Darnell  foi o atleta que tentou deixar a partida mais equilibrada e, embora tenha ajudado para isso, a equipe pinheirense tomou as rédeas da partida desde o começo do jogo e não deixou correr riscos. Muito disso se deve pela excelente partida do armador Felipe Ruivo. Acostumado a decidir jogos na base, Ruivo vem atuando no profissional do Esporte Clube Pinheiros desde o ano passado e nesta temporada vem ganhando mais espaço. O armador, que atua em seu clube desde o Sub 16, fez chover no Ginásio Poliesportivo do Pinheiros. Autor de 25 pontos, 3 rebotes e 2 assistências, ele teve um aproveitamento de 60% nas bolas de três pontos. Foram 6 convertidas. Mas o mais impressionante a é maturidade que o atleta vem alcançando. Com a ausência na armação de Benett, o jovem vem tornando o armador principal do time do Pinheiros e não sentiu pressão. Pelo contrário. Ruivo vem sendo um dos destaques do Pinheiros no Campeonato Paulista.

Ruivo armando (Foto:Ale da Costa (Portrait Imagens)

 

Além da bela atuação do armador, o jogo de ontem marcou a estreia do jovem pivô Nicolas Oliveira, 18, 2.05 m. O atleta, revelado pela Sociedade Esportiva Palmeiras, é um dos ótimos pivôs jovens presentes na base e, pela primeira vez teve a oportunidade de subir para o adulto, embora não tenha entrado em quadra, Nicolas foi relacionado para o embate. Recentemente o atleta participou de uma clínica na Espanha (Chus Mateo) com a comissão técnica do Espanha e deve ganhar futuramente mais chances no adulto.

Nicolas enterrando (Foto: ViVendo Esportes)

%d blogueiros gostam disto: