Estes são os melhores defensores da base de São Paulo

Quem foi o melhor defensor do último NBB? Alex ou Jimmy? Este ganhou, mas sabemos que o Brabo ainda é o melhor. Em nível nacional são poucos os que se destacam e, além disso, já são veteranos, exceção ao Jimmy. Alex tem 37 anos, Jhonatan Luz tem 30, Toledo, 31. Já na base, obviamente, além de serem jovens, existem vários bons defensores, atléticos, técnicos e com potencial para tornarem do nível de Alex Garcia.  Em meu último texto selecionei os 15 mais promissores destaques da base de São  Paulo http://timeoutbr.com.br/2017/07/18/quinze-nomes-para-se-ficar-de-olho-na-base-de-sao-paulo/  e neste texto seleciono os cinco melhores defensores do Estado de São Paulo que, por coincidência ou não, jogam na posição ‘’2’’, isto é, ala-armador.

5 – Filipe Oliveira – Ala-armador do Esporte Clube Pinheiros, Filipe, de 18 anos, chegou cedo no clube pinheirense. Após ótimo campeonato Sub 14 (2013), sendo um dos cestinhas pelo SCCP, o atleta acertou a sua transferência para o atual clube que defende desde 2014 ainda pelo Sub 15. Nesta categoria, sob comando de Thelma e no Sub 16, comandado por David Pelosini, o ala foi o grande destaque de ambos times. Foi no sub 17, contudo, que o jogador teve que lidar mais vezes com uma maior concorrência. Com as chegadas de Igor Rocha (Círculo Militar) e, principalmente, Danilo Sena, somado as permanências de Denis e Lucas Augusto, o perímetro do Pinheiros ficou muito mais forte e, naturalmente, Filipe perdeu espaço. Apesar de ficar mais tempo no banco de reservas, o ala pinheirense pouco a pouco voltou a ganhar espaço, o que culminou em uma arma para David, subindo até de categoria para o Sub 19. Isso se deve pela extrema garra e raça que o atleta tem, algo inerente ao seu jogo e transformando isso em uma habilidade defensiva incrível. Filipe é especialista na marcação pressão, marcação individual, além de incomodar muito seus adversários.

Filipe marcando pressão (Foto: ViVendo Esportes)

4 – Nicolas Ronsini – Ala-armador revelado pela Sociedade Esportiva Palmeiras, o atleta atua pelo alviverde desde o Sub 15. Em sua passagem pelo verdão, Nicolas conquistou o Metropolitano e Estadual, ambos na categoria Sub 15 (2013).  Ala-armador, muitas vezes, também atuando como armador, principalmente nesta temporada, Nico é o grande destaque do Sub 19 do Palmeiras e do Sub 22. Nesta teve médias de 16,71 pontos; 4,71 assistências  e 6,57 rebotes ,já pela primeira categoria anotou 11,78 pontos; 5,44 assistências e 5,33 rebotes. Além disso, Nicolas é o grande defensor de seu time, ótimo defensor do perímetro, o  atleta também realiza ótima marcação pressão e, principalmente, individual. É o jogador que mais rouba bolas do time de Filé.

Foto: Duarte Albuquerque

Nicolas ajudando na dobra (Foto: ViVendo Esportes)

 

3 – Marcos Henrique Louzada – O ala-armador Didi, capixaba, de 1.95m, chegou na equipa do Sesi após ser destaque no Brasileiro Sub 15 (2014) e hoje defende o Sub 19 da capital do basquete. Além de ser muito técnico, infiltrando muito bem no garrafão, o ala é também especialista na parte defensiva. Com uma agressiva marcação, Didi, além de tirar a linha do passe de seus adversários, é ótimo defensor do perímetro. Além disso, devido a alta estatura e ótimo físico, o atleta também é ótimo defensor no garrafão, podendo, inclusive, marcar jogadores das posições ”2”,‘’3’’, ‘’4’’ e até ‘’5’’. Além de subir para a equipe adulta de Franca, o ala têm médias de 16.6 pontos por jogo e é o segundo maior ladrão de bolas pelo Sub 19, com médias de mais de dois roubos.

Didi marcando Jonatan Oliveira, hoje no Pinheiros (Foto: Reprodução)

2 – Elton Partite – Revelado pela Sociedade Esportiva Palmeiras, o ala-armador, de 17 anos, chegou este ano para as equipes Sub 17, Sub 19 do Esporte Clube Pinheiros. No verdão, o ala era uma potente arma ofensiva e, agora, no Pinheiros, continua sendo, porém mostrou ser também um excelente marcador. Extremamente atlético, Elton é especialista em fazer marcação pressão quarta inteira. Além disso, o atleta é ótimo marcador de jogadores habilidosos e mais leves, o que fez subir de categoria para o Sub 19. Nessa categoria tem se mostrado a grande arma defensiva de David Pelosini, sempre marcando o jogador mais técnico e habilidoso do time rival.

Elton marcando pressão (Foto: ViVendo Esportes)

 

Elton marcando Yago (Foto: ViVendo Esportes)

1 – Samuel Santos – Disparado o melhor defensor de base de São Paulo, Samuel é uma das boas promessas ainda não muito conhecidas, mas com alto potencial de brilhar futuramente. O jogador de 18 anos que defende o Sub 19 do Bauru Basket chegou no Sub 16 da equipe do Dragão. Sua ida para o interior se deve após seguidas convocações para as seleções brasileiras de base, quando ainda defendia o Paysandu, equipe do Pará e também pelo excelente desempenho no Brasileiro Sub 15 (2014), atuando pelo estado do Pará. Foi em 2016, entretanto, que o ala-armador deu um salto em sua carreira, notavelmente melhorando sua postura defensiva. Com ótimo físico e mobilidade, o ala 1.9m passou a ser autoridade quando se fala em defesa. Além de ser ótimo marcador, ele faz uma incontestável marcação já no fundo bola de seus adversários, dificultando que a bola chegue nos armadores e muitas vezes nem permitindo que chegue, o que já faz com quebre o ataque do adversário. Na final do Paulista Sub 19 de 2016, por exemplo, o atleta foi fundamental no título bauruense ao fazer marcação pressão quadra toda nos armadores Gemadinha e Leo que, por extensão, dificultou o ataque do Paulistano. É o líder de roubos de bola do Sub 19, com médias de 2.71

Samuel em marcação pressão (Foto: ViVendo Esportes)

 

%d blogueiros gostam disto: