Qual será o destino de Kyrie Irving?

Uma das notícias que mais abalou esse período de contratações das equipes da NBA foi o pedido de troca de Kyrie Irving para a diretoria do Cleveland Cavaliers. O armador de 25 anos disse para o general manager do Cleveland que quer ser a estrela de uma equipe, já que no Cleveland ele se vê na sombra de LeBron James. Isso pode ser uma referência para a transferência de Neymar para o Paris Saint-Germain. O atacante brasileiro se via na sombra de Lionel Messi no Barcelona e decidiu seguir seu caminho na França, longe da cidade catalã e do craque argentino.

Mas qual será o destino dele? Em qual equipe ele se encaixaria melhor? Aonde ele poderá se tornar um jogador de destaque em uma franquia?

Começando pelo New York Knicks. O armador, ao ir para a franquia nova-iorquina, poderá realizar um dos atuais sonhos do time: ter Carmelo Anthony no seu elenco. Mas para isso, o Cavs terá que mandar mais um jogador para o Knicks, já que os salários de Kyrie (US$ 18,8 milhões) e  Carmelo (US$ 26,2 milhões) não chegam a ser equivalentes. Mas existem alguns problemas nessa troca: Carmelo só aceita abrir mão de sua cláusula de não ser trocado caso ele vá para o Rockets. E sem Carmelo, o único destaque ofensivo da franquia do Knicks é Kristaps Porzingis.

Outra opção seria o San Antonio Spurs. A equipe de Gregg Popovich foi uma das listadas por Kyrie Irving, mas há um problema em se transferir para o Texas: se ele quiser ser o jogador destaque de uma equipe, o Spurs, provavelmente, não é o melhor lugar, já que a grande estrela da franquia texana é Kawhi Leonard. Irving viria para substituir Tony Parker, que vem sofrendo com problemas de lesão constantemente, mas acabaria ficando na sombra de outra grande estrela da liga.

Outra equipe listada por Irving foi o Timberwolves. Mesmo tendo acertado um contrato de 3 anos com Jeff Teague, Irving seria um grande destaque no time por ser um jogador de pontuar sem a bola, função que realizou muito bem no Cavs com LeBron James e Kevin Love. Mas o problema é: quem a franquia de Minnesota pode oferecer por Kyrie? A opção mais favorável pode ser Andrew Wiggins, jogador draftado pelo próprio Cavs no ano de 2014 e trocado para o Timberwolves.

A 4ª equipe listada pelo armador de 25 anos foi o Miami Heat. Recentemente, apareceu sendo o grande favorito para o astro atuar na temporada 2017-18 mesmo com a forte vontade do Cavs ter Carmelo Anthony. Se Kyrie for para a franquia da Flórida, ele seguirá praticamente o mesmo caminho de LeBron James, que começou carreira no Cavs e chegou a jogar com a camisa do Miami Heat. Também ocorrerá a volta da dupla Irving-Waiters, que atuaram juntos pelo Cavs entre 2012 e 2015. No Heat, Irving teria o posto de jogador estrela, que pertence à Hassan Whiteside. Mas acaba tendo o problema de, com o pivô, o estilo de jogo de Irving fica em cheque (jogadas isoladas para infiltração).

Mesmo não sendo listada por Kyrie, o Suns também é um grande concorrente para se ter Kyrie Irving. A diretoria do Cavs já informou ao Suns que, para mandar Irving para Phoenix, eles querem o armador Eric Bledsoe (que tem o mesmo empresário de LeBron), Josh Jackson (4ª escolha do Draft de 2017) uma escolha de primeira rodada para o Draft de 2018. Mesmo conseguindo ser o jogador de destaque, a equipe não se encaixaria de forma efetiva no começo, já que a equipe tem Devin Booker crescendo na liga.

Restam alguns meses para a temporada começar, mas a história entre Kyrie Irving e o Cleveland Cavaliers parece estar longe de um final. O que nos resta saber é: qual será o destino de Kyrie Irving?

Confira as melhores jogadas de Kyrie Irving na temporada 2016-17:

%d blogueiros gostam disto: