John Wall tenta levar Paul George a Washington

A novela envolvendo Paul George e seu futuro acaba de ganhar um novo capítulo. Possuindo contrato com o Indiana Pacers até o fim da temporada 2017/2018, o ala já informou a diretoria da franquia que não tem intenção de continuar em Indianápolis. A imprensa norte-americana aponta o Los Angeles Lakers como provável destino do atleta. Caso a Califórnia se torne a nova casa do jogador, ele atuaria em sua cidade natal e também na equipe de um de seus ídolos, Kobe Bryant.

Assim que a notícia se tornou pública e chegou aos general managers das franquias, vários clubes mostraram interesse na aquisição de Paul George, e até mesmo apresentaram propostas de troca. Entretanto, o GM dos Pacers, Kevin Pritchard, que assumiu há poucos meses o cargo ocupado por Larry Bird, aguarda firmemente pela “proposta ideal”. Vale lembrar que, como o jogador não pretende ficar em Indianápolis ao término de seu contrato, seu valor de mercado cai bruscamente, dificultando uma boa troca pelo camisa 13.

Além dos Lakers, Boston Celtics, San Antonio Spurs, Houston Rockets e Cleveland Cavaliers são outras franquias que já mostraram interesse em Paul George. Segundo a ESPN norte-americana, os atuais vice-campeões da NBA inclusive fizeram uma proposta de troca tripla, envolvendo também o Denver Nuggets, mas Pritchard a recusou.

Entre os que visam a contratação do ala, John Wall é outro nome que aparece. Armador do Washington Wizards, o atleta se comunica com o camisa 13 dos Pacers frequentemente. “Estou conversando com alguns jogadores, Paul. Sei seu objetivo de onde estar, estou tentando ver se conseguimos fazer alguma coisa acontecer”, disse Wall. “Ele tem que fazer uma decisão que seja confortável para ele. Mas no final do dia, sempre temos que conseguir jogadores de elite”, completou o armador.

Informações da mídia norte-americana dão conta que a franquia da capital está em negociação com a equipe de Indianápolis, porém sem estarem próximas de fechar um acordo no momento. Outra informação seria que os Wizards estariam dispostos a envolver o ala Otto Porter Jr. no negócio.

Wall vê em Paul George a “peça que falta no elenco” para que sua equipe possa bater os Cavaliers, sendo o camisa 13 importante contra LeBron James. “Olhe para nosso time (Wizards). Estamos a uma peça de distância. Temos o armador (o próprio Wall), o ala-amardor (Bradley Beal), o ala-pivô (Markieff Morris), o pivô (Marcin Gortat). Nosso ala (Otto Porter Jr.) fez muito por nós, não se pode tirar seu crédito. Mas (Paul George) é um jogador que consegue marcar o LeBron e também atacar sobre LeBron. É uma peça que precisaremos para vencer. Se não tivermos um jogador que possa fazer isso, não temos chances”, explicou Wall.

John Wall (26 anos) e Paul George (27 anos) fizeram parte da mesma classe do draft, em 2010, sendo as escolhas #1, feita pelos Wizards, e a #10, feita pelos Pacers, respectivamente. Além dos diversos confrontos, os dois jogadores se encontraram no Torneio de Enterradas de 2014, no qual o armador levou a melhor e faturou o título.

%d blogueiros gostam disto: