Brittney Griner, uma seríssima candidata ao título de MVP

Estamos apenas na 11º rodada das 34 totais da WNBA mas um nome já se destaca: Brittney Griner. A atleta de Phoenix vem liderando a liga em pontos por jogo com incríveis 22.9 de média. Além de liderar a liga em pontos, a pivô de 2,3 de altura ainda ajuda o seu time com 8 rebotes por jogo (sendo 2.2 de rebotes defensivos, a média mais alta da sua carreira) e com 2.5 tocos por jogo (que por incrível que pareça é a sua menor média na carreira).

Griner, conhecida por ser muito importante defensivamente, vem surpreendendo ofensivamente nesta temporada. A atleta aumentou em 8 pontos a sua média em relação a temporada passada. Durante a sua carreira foi uma jogadora de 14 e 15 pontos por jogo e hoje é uma atleta de 22 pontos por jogo. Griner melhorou o seu trabalho de poste, o seu midrange e se tornou uma jogadora muito mais presente nos lances livres graças a sua maior agressividade. Na temporada passada inteira (34 jogos) Griner foi 166 vezes ao lance-livre, esse ano ela já foi 94 vezes em apenas 11 jogos. Além disso, a número 42 do Mercury já converteu 87 arremessos nesse ano, 91 a menos do que na temporada passada inteira (com 23 partidas ainda por jogar).

O time de Phoenix está na sexta colocação geral e se classificando para os Playoffs. É uma boa campanha para o Mercury que terminou a última temporada em oitavo. O time que tem como sua principal jogadora, a hoje maior pontuadora da história da WNBA, Diana Taurasi tem uma nova estrela para assistirem brilhar. Griner é sem dúvida uma peça fundamental para o time do Arizona, time este que a coloca em quadra por mais minutos por jogo do que em toda a sua carreira até então. É claro que nada está decidido e que a temporada está apenas no início, mas a evolução de Britnney Griner até aqui tem sido incontestável. As suas concorrentes tem jogado muito ( Fowles, Delle Donne, Ogwumike e Charles) e a corrida para MVP só deve ser decidida no fim. Bom para todos nós que poderemos ver todas essas grandes jogadoras esbanjarem talento pelas quadras da WNBA.

%d blogueiros gostam disto: