Rodada desta quinta pode definir duas vagas aos playoffs da Euroliga

A bola volta a subir na Euroliga nesta quinta-feira. A rodada 24 inicia a contagem regressiva de seis semanas para os playoffs, que começam dia 18 de abril. Momento de preocupação para alguns gigantes, como (Barcelona e Maccabi Tel Aviv) e de definição para outros, como Real Madrid e CSKA Moscou, que podem definir as suas vagas após as partidas de quinta e sexta-feira, respectivamente. Confira o que estará à mesa em cada jogo:

Quinta-feira, 14h – ZALGIRIO ARENA
10. Zalgiris Kaunas (10-13) vs 4. Fenerbahçe (15-8)

O “Game of the Week” coloca frente a frente dois times “quentes” no torneio. Os lituanos voltam ao seu ginásio após vencer quatro dos últimos cinco jogos e sobe em busca de uma vaga na próxima fase. Os reis do lance livre da liga terão um visitante indigesto. O Fenerbaçhe também vem embalado com seis vitórias em sete partidas. Com seus atiradores de longa distância (quarto melhor time em arremessos 3pts, com 39.1% de aproveitamento), vai tentar levar a melhor contra o jogo físico do Zalgiris, time que mais faltas comete na competição (23.9 por jogo). 

Quinta-feira, 14h45 – ABDI IPEKCI ARENA
15. Galatasaray (7-16) vs 1. Real Madrid (18-5)

Numa situação muito difícil na tabela, o “Gala” tenta parar a série fantástica de nove vitórias seguidas do Real Madrid. O líder da Euroliga se garante nos playoffs se vencer o jogo em Istambul (TUR). Contra uma equipe que melhorou sua defesa, sofrendo 77 pontos nas últimas três partidas, os turcos apostam na sua artilharia de longa distância, terceira melhor da Euroliga em eficiência, com 39,4% de aproveitamento.

Quinta-feira, 15h – ALEKSANDAR NIKOLIC
6. Estrela Vermelha (13-10) vs 12. Brose Bamberg (8-15)

Líder arrasador da Liga Adriática (23-1), os sérvios estão bem também na Euroliga. Buscam os primeiros postos de playoff para ter um melhor confronto e vantagem no mando de quadra. Contra os alemães, buscam a sétima vitória em oito jogos contra um time, apesar do seu jogo vistoso no ataque, vem de quatro derrotas. Os vermelhos sofreram apenas 58 pontos semana passada (melhor marca na temporada). Enquanto isso, o Bamberg, que ainda tem chances de classificação, levou 84.2 por jogo nas últimas cinco partidas. Além de tudo, o Estrela ainda é líder em roubos de bola (8.6 por jogo), enquanto os visitantes são os últimos no fundamento (5,2 de média).

Quinta-feira, 15h – MENORA MIVTACHIM ARENA
13. Maccabi Tel Aviv (8-15) vs 3. Olympiacos (16-7)

Donos de seis títulos continentais, o Maccabi vive dias ruins na Euroliga, mas ainda sonham com a vaga. O torcedor se agarra ao retrospecto do primeiro turno, quando os israelenses venceram o Olympiacos em Piraeus, na rodada 9. Mas, em quadra, o time que mais comete turnovers na liga (14.7 de média) tem a esperança de aproveitar-se da baixa distribuição de jogo dos gregos (14,9 assistências por jogo, a pior do torneio). O jogo poderá ser decidido na briga dos gigantes no garrafão pelos rebotes. Os reds são líderes no fundamento, com 37,1 por partida, e os maccabistas estão em sexto, com 34,4. 

Quinta-feira, 15h – FERNANDO BUESA ARENA
8. Baskonia (12-11) vs 16. Olímpia Milano (7-16)

Depois de sediar a Copa do Rei e cair na semifinal, diante do Real Madrid, o Baskonia agora quer sair dessa maré descendente também na Euroliga. São seis derrotas nos últimos sete jogos e a posição de classificação está ameaçada para os bascos. Um bom começo para se recuperar é enfrentar o lanterna Olímpia Milano, pior defesa da competição (87,7 ppg). Mesmo com o mau momento, o time espanhol ainda mantém o quarto melhor ataque da liga, com 82,7 pontos por jogo e tenta se valer da sua fortaleza, a Fernando Buesa Arena, para voltar a vencer.

Sexta-feira, 13h – BASKET HALL KAZAN
14. Unics Kazan (7-16) vs 7. Anadolu Efes Istambul (12-11)

Os turcos tem até aqui talvez a maior reação do campeonato, saindo da 11a posição para a sétima nas últimas rodadas. São três vitórias seguidas, liderando a Euroliga em rebotes ofensivos (13,3 de média). Agora eles viajam até a Rússia para enfrentar um time que há seis jogos não vence, o que se explica pelo baixo poderio ofensivo. Com apenas 76,8 pontos marcados por partida, o Kazan é o terceiro pior ataque da competição. 

Sexta-feira, 13h – VOLKSWAGEN ARENA
9. Darussafaka (11-12) vs 5. Panathinaikos (14-9)

Lutando por uma vaga entre os quatro primeiros, os verdes vão à Turquia para aproveitar do mau momento do Darussafaka, que venceu apenas uma em cinco jogos. Os gregos vem de três vitórias seguidas e um ataque consistente que marcou, 84, 81 e 83 pontos respectivamente em seus últimos triunfos. Os dois times vem de vitórias nas ligas locais e os turcos torcem por um tropeço do Baskonia na rodada, que poderia levá-los (se bateram os gregos) à zona de classificação. 

Sexta-feira, 14h15 – PALAU BLAUGRANA
11. Barcelona (9-14) vs 2. CSKA Moscou (17-6)

Não é só no futebol que as coisas andam negras para o Barcelona. Se Luis Henrique já avisou que não renovará seu contrato após o término da temporada, a pressão também é grande sobre os comandados de Georgios Bartzokas, que tenta sua primeira sequência de vitórias na Euroliga. Na Liga ACB, os catalães estão apenas em quinto lugar e, na Copa do Rei, caíram para o Valência na semifinal. Já os visitantes estão tranquilos e se classificam se vencerem, dependendo também de derrotas do Darussafaka ou se o Estrela Vermelha e Anadolu Efes perderem seus jogos. 

%d blogueiros gostam disto: