O futuro incerto de Andrew Bogut

Nesta quinta-feira tivemos o dia da “Trade deadline” na NBA, o último dia para as trocas entre as equipes da temporada 2016/17. Em uma das poucas negociações nas quais tiveram, o Dallas Mavericks e a equipe do Philadelphia 76ers chegaram num acordo onde Nerlens Noel foi para os Mavs, e para o Sixers chegaram um pick de primeira rodada de 2017, mais o ala Justin Anderson e o pivô Andrew Bogut. Contudo, mesmo com o dia das trocas terminado, Bogut ainda pode mudar de casa. Vou explicar abaixo o porquê.

Os rumores que chegam diretamente dos Estados Unidos é que o Sixers tem a intenção de dispensar o pivô australiano de 32 anos. E se isso realmente acontecer, outras equipes podem contratar o jogador até 48 horas depois de sua dispensa, apenas pagando o salário no qual ele receberia nesta temporada. Se passarem essas 48 horas e o jogador não for confirmado como nova contratação de outra franquia, ele estará livre para assinar com qualquer time por um salário menor ou maior, sem nenhuma objeção.

Bogut no qual foi campeão com o Golden State Warriors em 2015 tem seu nome sondado há algum tempo por equipes como Cleveland Cavaliers e Boston Celtics. E depois desta “trade deadline” falaram sobre o Houston Rockets e também o próprio Warriors. Times que precisam de alguma forma melhorar o garrafão e estarão nos playoffs desta temporada, podem motivar o jogador a assinar um contrato até pelo salário mínimo de veterano. Vamos acompanhar as próximas horas, porque mesmo com o dia das trocas finalizado, ainda podemos ter o pivô australiano reforçando alguma grande equipe na NBA.

%d blogueiros gostam disto: