Previsão da temporada: Houston Rockets

Dec 13, 2014; Houston, TX, USA; Houston Rockets guard James Harden (13) during the game against the Denver Nuggets at Toyota Center. Mandatory Credit: Troy Taormina-USA TODAY Sports

Dados da franquia

Localização: Houston, Texas

Conferência: Oeste

Gerente Geral:  Daryl Morey

Treinador Principal:  Mike D’Antoni.

Arena: Toyota Center

Temporada 2015-2016

Record: 41 vitórias e 41 derrotas

Divisão: 4° na Divisão Central

Conferência: 8° na Conferência Oeste

Playoffs: Eliminado na primeira rodada pelo Golden State Warriors

Quinteto Inicial: James Harden – Eric Gordon – Trevor Ariza – Ryan Anderson – Clint Capela

Elenco:

13 – James Harden, armador

2 – Patrick Beverley, armador

9 – Pablo Prigioni – armador

8 – Bobby Brown, armador

10 – Eric Gordon, ala-armador

32 – K.J. McDaniels, ala-armador

1 – Trevor Ariza, ala

33 – Corey Brewer, ala

7 – Sam Dekker, ala

3 – Ryan Anderson, ala-pivô

21 – Chinanu Onuaku – ala-pivô

30 – Kyle Wiltjer – ala-pivô

35 – Montrezl Harrell, ala-pivô

15 – Clint Capela, pivô

42 – Nenê Hilario – pivô

Transferências:

Quem reassinou: James Harden

Quem chegou: Ryan Anderson, Eric Gordon, Nenê Hilario, Tyler Ennis, Pablo Prigioni, P.J. Hairston, Bobby Brown, Gary Payton II, Kyle Wiltjer, Chinanu Onuaku (draft).

Quem saiu: Dwight Howard, Michael Beasley, Jason Terry, Terrence Jones, Andrew Goudelock, Donatas Motiejunas (ainda em negociação), Josh Smith.

Expectativas da temporada:

O Houston Rockets é uma incógnita para todos, ninguém sabe exatamente o que esperar desse time que foi montado, por isso coloco os foguetes como sendo a maior surpresa, ou a maior decepção dessa temporada. Daryl Morey resolveu arriscar alto mandando embora J.B Bickerstaff depois de uma temporada irregular e decepcionante e surpreendendo a todos com a chegada do interminável Mike D’Antoni.

James Harden é a esperança da franquia e uma das grandes mudanças já feitas por Mike D’Antoni foi efetuar Harden como armador da equipe. Honestamente, essa mudança não vai mudar muito o jogo do barbudo, pois ele já era o armador da equipe há pelo menos duas temporadas. Essa mudança tática vai fazer com que o Harden pense um pouco mais na equipe, que consequentemente vai fazer com que aquelas jogadas de isolation que ele tanto gosta diminuam um pouco.

Uma boa notícia de ter o barbudo como armador é que ele abre espaço na rotação para que Eric Gordon possa fazer o papel de ala-armador e as vezes revezar na armação da equipe titular. Um problema que pesa é o histórico de lesões de Gordon, que nunca conseguiu fazer uma temporada completa sem lesões desde que foi draftado em 2008. Para o banco, Patrick Beverley continua no elenco. Bobby Brown e Pablo Prigioni vão disputar os minutos de armador reserva.

Na ala, Trevor Ariza continuara como titular da posição. A sua forte defesa e extrema inteligencia tática será muito importante para o time nessa temporada de tantas mudanças. Corey Brewer continuará como o reserva imediato, com Sam Dekker e KJ McDaniels na cola por uma vaga na rotação.

No garrafão talvez estejam as maiores mudanças. Sem contar mais com Dwight Howard, os olhos se voltam para o suíço Clint Capela, que provavelmente será o titular na posição de pivô. O maior prolema do suíço é sua deficiência ofensiva, o que gera desconfiança e abre espaço para brasileiro recém-contratado, Nenê.

A outra mudança e, na minha opinião, a mais importante é a chegada de Ryan Anderson. Ryno chega para assumir a posição de ala-pivô titular dos Rockets e terá um papel fundamental e imprescindível no esquema de Mike D’Antoni, sendo a chave para espaçar a quadra, o que vai influenciar e muito tanto nas assistências, quanto nas infiltrações da principal esperança dos Rockets: James Harden.

Previsão para a Temporada

A equipe texana vem para o tudo ou nada. Vai ser difícil se colocar entre os grandes forças da Conferência Oeste nesta temporada, mas se tem um time que pode surpreender, não só a mim, mas ao mundo do basquete, este é o Houston Rockets com todas essas mudanças. Na última temporada o time conseguiu 41 vitórias e 41 derrotas, conquistando a vaga derradeira nos Playoffs do Oeste. Meu palpite dessa temporada são 44 vitórias e 38 derrotas.

%d blogueiros gostam disto: