Previsão da Temporada: Philadelphia 76ers

Neste momento o TimeOut Brasil inicia sua série de previsões para cada uma das 30 franquias da NBA.

Durante os próximos 30 dias, apresentaremos nossa previsão para cada uma das franquias com uma pequena análise do que pode acontecer com a franquia durante a temporada que está prestes a se iniciar e hoje abordaremos a franquia que parece ter emergido após um período longo e, aparentemente, sem fim de tank e reconstrução, vamos a previsão do Philadelphia 76ers!

Dados da franquia

Localização: Philadelphia, Pennsylvania.

Conferência: Leste.

Gerente Geral: Bryan Colangelo.

Treinador Principal: Brett Brown.

Arena: Wells Fargo Center.

Temporada 2015-2016

Record: 10 vitórias e 72 derrotas.

Divisão: 5º na divisão do Atlantico.

Conferência: 15º na conferência leste.

Playoffs: Não participou.

Elenco

Quinteto Inicial: Jerryd Bayless / Gerald Henderson / Ben Simmons / Nerlens Noes / Jahlil Okafor

— Anthony Barber – armador

— Gerald Henderson – ala-armador

— Shawn Long – ala-pivô

— Brandon Paul – armador

4 – Nerlens Noel – ala-pivô/pivô

8 – Jahlil Okafor – pivô

9 – Dario Šarić – ala/ala-pivô

11 – Nik Stauskas – ala-armador

12 – T. J. McConnell – armador

14 – Sergio Rodríguez – armador

19 – Jerryd Bayless – armador

20 – Timothé Luwawu – ala-armador/ala

21 – Joel Embiid – pivô

22 – Richaun Holmes – ala-pivô

25 – Ben Simmons – ala/ala-pivô

31 – Hollis Thompson – ala-armador/ala

33 – Robert Covington – ala

39 – Jerami Grant – ala

42 – Elton Brand – ala-pivô

Transferências

Quem reassinou: Elton Brand.

Quem chegou: Ben Simmons, Sergio Rodriguez, Jerryd Bayless, Gerald Henderson, Timothe Luwawu.

Quem saiu: Carl Landry, Isaiah Canaan e Ish Smith.

Expectativas para a temporada:

Perímetro:

Ben Simmons, sim você não leu errado, Ben Simmons será o nome do perímetro da equipe. O jovem jogador recém recrutado vindo da universidade de LSU ter a bola nas mãos o tempo que quiser e mesmo não sendo um armador de posição será o responsável por armar a franquia durante o tempo que estiver em quadra. O jogador é um ala-pivô/ala de ofício, mas possui grandes habilidades de passe e visão de jogo conforme podemos ver no vídeo mais abaixo com os melhores momentos do jovem australiano pela Summer League.

Simmons terá ao seu lado a presença de Jerryd Bayless, um armador com grande capacidade de pontuar em transição, e Gerald Henderson, um bom defensor com bom chute de média distância.

Vindo do banco temos Robert Convigton, Nik Staukas, Timothé Luwawu e o, recém chegado do Real Madrid, Sergio Rodriguez.

Garrafão:

Esta é a parte mais qualificada da equipe, a que reúne o maior número de talento.

Começando com a dupla titular na última temporada, temos o pivô defensivo Nerlens Noel ao lado do ótimo pivô ofensivo Jahlil Okafor. Noel vem consolidando-se com um dos grandes pivôs defensivos da NBA, mesmo possuindo um porte físico que aparentemente não demonstre tanta força física assim. O grande problema para esta dupla de grandes jogadores é que ambos ocupam a mesma faixa na quadra e embora Noel ter sido testado como PF, a experiencia não deu certo, no momento surge muitos rumores de que a franquia poderá trocar um dos dois antes do início da temporada.

Joel Embiid finalmente está pronto para fazer sua estréia na NBA e, caso tudo se confirme e siga conforme o esperado, o pivô camaronês deverá assumir o posto de titular da equipe assim que estiver 100% adaptado a NBA, ou seja, o Sixers conta hoje com 3 grandes jogadores de uma mesma posição, como será a divisão do tempo de quadra entre eles? Este será um dos grandes desafios para Brett Brown.

Dario Saric é mais um reforço para a equipe, após grande ano na Europa, o PF, que também teve grande participação nas Olimpíadas Rio 2016, chega para brigar por tempo de quadra e deverá ser utilizado como o Sixth Man da franquia no início da temporada.

Elton Brand reassinou com o Sixers e deverá exercer a função de mentor dos jovens bigmans da franquia do que ter definitivamente tempo de quadra.

Resumo:

Esta é uma franquia rodeada por incertezas e ponto. Um elenco extremamente jovem e inexperiente tenta colocar o tradicional Philadelphia 76ers de volta no caminho das vitórias.

O tank parece ter chegado ao fim e como já dito pela comissão técnica, a franquia brigará por vitórias na temporada.

Com a chegada de Ben Simmons, selecionado com a primeira escolha geral do último recrutamento, a recuperação de Joel Embiid, que esteve ainda não pisou numa quadra de NBA durante um jogo oficial, a vinda de Dario Saric da Europa, juntando com as evoluções de Nerlens Noel e Jahlil Okafor, a base da equipe está formada e serão eles os responsáveis pela recuperação da franquia.

Mesmo o Sixers afirmando que buscará vitórias na temporada, a falta de experiencia ainda pesará muito, portanto a franquia ainda ocupará uma das últimas posições na conferência leste, mas desta fez com um numero de vítoras relativamente maior do que na última temporada.

Previsão para a temporada:

14º na conferência leste: 24 vitórias e 58 derrotas

E ai, concordam com nossa previsão? deixe nos comentários abaixo sua opinião de como será a temporada do Philadelphia 76ers!

%d blogueiros gostam disto: