Brian Shaw é demitido pelo Nuggets

Brian Shaw

A contagem regressiva para o final da temporada ficou muito mais fácil e curta para o treinador principal do Denver Nuggets, Brian Shaw.

Na manhã desta terça-feira (03) a direção do Nuggets demitiu Shaw, notícia que foi primeiramente relatada por Chris Dempsey de The Denver Post.

Esta é uma notícia surpreendente, e não só porque o Nuggets tem decepcionado com um retrospecto de 20 vitórias e 39 derrotas, mas desde o princípio o nome de Shaw nunca foi unanimidade em Denver. O trabalho do, agora ex treinador, Shaw tem sido questionada na maior parte desta temporada, incluindo por ele próprio, e pelos jogadores do Nuggets.

Segue abaixo um breve resumo da situação do que Brian Shaw passou no comando do Denver nesta temporada:

2013-14: Shaw lamenta ter que pedir aos seus jogadores para jogar duro, chama a equipe publicamente e tem uma discussão pública com Andre Miller.

14 de novembro: Shaw teme que se o time não começar a melhorar, ele vai ser demitido.

17 novembro: Um relatório da ESPN sugere que um dos principais jogadores da equipe, Kenneth Faried, não gosta de Shaw.

04 de janeiro: Shaw anunciou que abandonou os Shootarounds pela manhã nos dias de jogos, em grande parte devido aos hábitos de vida noturna de seus jogadores.

30 de janeiro: Shaw admite que se sente “atropelado por um ônibus” quando sua equipe não joga duro.

03 de fevereiro: Shaw admite abertamente que ele suspeita que os seus jogadores estão tentando perder.

07 de fevereiro: Shaw, mais uma vez assume a culpa por inconsistência de sua equipe.

10 de fevereiro: Shaw admite lendo livros sobre artes milenares, alem de ouvir rap, para tentar ajudar em seu relacionamento com os jogadores.

28 de fevereiro: Jogadores do Nuggets votam para voltar com os Shootarounds nos dias de jogos.

28 de fevereiro: O jogadores do Nuggets cantam alegremente “1-2-3 … seis semanas!”, seis semanas seria o período restante para o final da temporada regular.

Shaw também disse que teve uma discussão com o armador Ty Lawson, foram alguns momentos tensos no vestiário, de acordo com Zach Lowe do Grantland. Entre isso, o desenvolvimento d Faried e o mal estar geral em torno da equipe, apenas a hora da decisão pela demissão do treinador foi de fato o que surpreendeu.

“Eu quero agradecer sinceramente a Brian pelo seu tempo com a nossa organização”, disse o gerente geral Tim Connelly em um comunicado. “Você não vai encontrar um cara melhor do que Brian e ele é uma das mentes mais brilhantes de basquete com quem já trabalhei. Infelizmente, as coisas não correram como nós esperávamos, mas sabemos que com a sua perspicácia ele tem um futuro muito brilhante pela frente.”

O assistente técnico Melvin Hunt será nomeado o técnico interino do Nuggets e como a franquia provavelmente vai adiar a busca por um treinado para o fim da temporada regular onde pode fazer uma pesquisa mais completa de todas as opções disponíveis, Hunt deve permanecer no comando da equipe até o final desta temporada.

%d blogueiros gostam disto: