No RPG da NBA, os guerreiros venceram os feiticeiros

warriors_wizards

Contando com mais uma soberba atuação do all-star Stephen Curry e homenageando o Ano Novo Chinês no seu uniforme, o Golden State Warriors (44-10) venceu o Washington Wizards (33-24) em pleno Verizon Center, consolidando-se na liderança da Conferência Oeste. A partida contou com a presença de 20.356 torcedores e foi transmitida para o Brasil pelo canal fechado Sports Plus, com a sempre divertida e competente narração de Rafael Spinelli e os comentários precisos e fundamentados do “Dr. Basquete”, Ricardo Bulgarelli.

Pelo lado dos franqueados de Oakland, Curry roubou a cena, conjugando 32 pontos, oito assistências e nenhuma perda de bola, atuando por quase 34 minutos. Seu irmão Splash, Klay Thompson, contribuiu com 17 pontos, quatro assistências e cinco roubos de bola, enquanto o candidato à MIP, Draymond Green somou 13 pontos, seis rebotes e cinco assistências. Os comandados de Steve Kerr seguem firmes como melhor campanha do lado esquerdo do mapa e preparam-se para um possível espetacular confronto de primeira rodada de pós-temporada, que pode colocá-los frente a frente contra um ascendente Oklahoma City Thunder ou num duelo contra o experiente e copeiro San Antonio Spurs.

Já os vizinhos de Barack Obama amargaram a quarta derrota em fileira e o antes provável mando de quadra na pós-temporada já corre sério risco. Paul Pierce foi o destaque com 25 pontos e cinco assistências, convertendo os nove lances livres que cobrou. Duplo-duplos para o polonês Marcin Gortat (16 pts, 11 rbt) e para o armador John Wall (16 pts, 11 ast), enquanto o brasileiro Nenê Hilário foi apenas discreto, com nove pontos, sete rebotes e quatro desperdícios de bola. A equipe sofre bastante com a ausência do ala-armador Bradley Beal, que vive uma temporada repleta de lesões.

O jogo foi bastante equilibrado até o final, principalmente pela artilharia de Pierce, que mantinha o Wizards vivo na partida. Mas o arsenal de bolas de três dos guerreiros (foram 12 em 23 tentativas) mais uma vez fez a diferença em prol dos auricelestes e mesmo com todo o equilíbrio, os ex-Bullets não conseguiram vencer nenhuma parcial.

O Warriors volta à quadra nesta quinta-feira, continuando sua excursão pelo Leste e visitando um quentíssimo Cleveland Cavaliers. Já o Wizards vivenciará um back-to-back, recebendo a sensação Andrew Wiggins e o Minnesota Timberwolves.

 

%d blogueiros gostam disto: