Direitos de Transmissão do Basquete

Fortaleza (CE) 22/02/2014 - NBB Brasil X NBB Mundo

O momento derradeiro da temporada da NBA e do nosso NBB está chegando. Os Playoff’s. Como já diriam alguns, a hora de separar os meninos dos homens. Naturalmente, o interesse nos jogos aumenta muito e os canais de TV tem seus índices de audiência subindo.

No Brasil, os canais que transmitem a NBA são a ESPN, o Space e o Sports+, canal exclusivo da SKY. A distribuição é feita pela NBA, que cede os direitos para esses canais. A ESPN, transmite os jogos da própria ESPN Americana, o Space, passa os da TNT americana e por aí vai. Graças a esses três canais, temos o privilégio de assistir jogos da NBA, três, quatro vezes na semana.

Já no NBB, o campeonato brasileiro de basquete, temos apenas dois jogos por semana, salvo as vezes, em que há uma rodada dupla. O Sportv, canal da Globosat, é detentor dos direitos e, ao contrário do futebol, esporte que ele manda nas transmissões e repassa à Bandeirantes, no Basquete não acontece isso e somos obrigados a assistir os jogos de terça e sexta no Sportv.

Claro que a comparação não é justa, mas se formos olhar nos Estados Unidos, a NBA é transmitida por diversos canais, seja em TV aberta, de alcance nacional ou na TV paga ou em canais regionais. Isso só ajuda a propagar o esporte, crescer o número de praticantes e o interesse no jogo, que cá entre nós é maravilhoso. Não é à toa que eles comandam o esporte desde sempre.

Hoje, o basquete é transmitido em TV aberta no Brasil apenas uma vez, na grande final do campeonato. O jogo das Estrelas, também é televisionado para todo o Brasil pela Globo, mas é pouco. O NBB tem crescido muito em nível técnico, jogos emocionantes, bons jogadores, belas jogadas, isso tudo ao alcance de quem? É triste o segundo esporte no mundo não ter o devido espaço no país. Se o Sportv não tem espaço na sua grade pra mais jogos semanais, que pelo menos repasse o direito de transmissão para um outro canal.

Quem comanda o basquete no Brasil precisa não somente fechar contrato com quem paga mais, mas também pensar na propagação do esporte, num projeto que faça crescer a liga e a forma atual não gera o resultado adequado. Enquanto isso, você amante do basquete, economize e seja cliente de uma TV por assinatura, pra não ficar sem assistir esse esporte incrível.

%d blogueiros gostam disto: