Saiu o resultado

TimeOut Brasil 3

No dia 20 de Janeiro, o TimeOut Brasil anunciou o julgamento de 3 equipes do NBB perante o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Flamengo, Paulistano/Unimed e Mogi das Cruzes/Helbor, conheceram o resultado ontem (28), e teve time que foi bastante prejudicado.

A equipe Paulistana foi totalmente absolvido, mas o técnico Gustavo de Conti pegará 1 jogo de suspensão no artigo no artigo 258 que prevê punição para quem “ofender alguém em sua honra, por fato diretamente relacionado ao desporto”.

Em Mogi, situação parecida. O diretor Ewerton Komatsubara e treinador do Mogi Paco García haviam sido enquadrados no artigo 243-D, que fala em “incitar publicamente o ódio ou a violência”. Porém, apenas o treinador cumprirá punição de 1 jogo, o diretor foi absolvido.

O outro fato que levou a equipe ao tribunal foi uma garrafa atirada por um torcedor contra a arbitragem na derrota para o Franca, no Ginásio Professor Hugo Ramos. A ocorrência foi relatada na súmula da partida e rendeu ao clube mogiano uma multa de R$ 2,5 mil.

Agora com o Flamengo, a coisa é mais séria. O 3º colocado do NBB foi punido com a perda de pontos da partida com o Pinheiros, que foi impedida de ocorrer devido a falta de laudos liberatórios para mandar um jogo no Ginásio do Tijuca, levou multa de R$ 5 mil. O clube paulista foi considerado o vencedor da partida.

Com a sentença, o Rubro-Negro passa a ter seis derrotas, em 17 jogos, caindo da terceira para a quinta posição, saindo do grupo dos quatro primeiros que avançam diretamente às quartas de final, assim Mogi das Cruzes e Minas deixam a quarta colocação, e agora dividem a 3ª posição do campeonato.

%d blogueiros gostam disto: