O Thunder agora é positivo

Russell Westbook, Mario Chalmers

Jogando fora de casa, numa reedição da final da temporada 2011/2012 e contra a habitual pressão da American Airlines Arena, o Oklahoma City Thunder (21-20) venceu o Miami Heat (18-23) por 94 x 86, atingindo pela primeira vez um percentual de aproveitamento superior a 50% na atual temporada. Evidente que a quantidade de vitórias sofreu influência direta das ausências dos astros Russell Westbrook e Kevin Durant em várias partidas, mas ainda há tempo hábil para se chegar aos playoffs, já que com metade da temporada já disputada o OKC encontra-se em nono lugar do lado oeste, com três jogos de defasagem para o Phoenix Suns.

A partida foi bastante equilibrada, com um bom início do Heat, que chegou a ter oito pontos de vantagem no primeiro período, terminando a parcial com 27 x 24, numa cesta espírita do calouro Shabazz Napier. O segundo quarto foi novamente parelho, com algumas alternâncias na liderança, findando-se o primeiro tempo com vantagem dos comandados de Eric Spoelstra por apenas um ponto (50 x 49).

O segundo tempo iniciou-se igualmente equilibrado, mas aos poucos Durant e Westbrook foram tomando conta da partida, sempre com auxílio do banco de reservas, notadamente de Reggie Jackson e Anthony Morrow. A contusão da sensação Hassan Whiteside complicou ainda mais as coisas para a franquia da Florida e  o Thunder abriu pequena vantagem ao fim da parcial, com o placar de 72 x 67. No quarto final, o time azul e branco parecia deslanchar, mas com cestas seguidas de Luol Deng, a diferença caiu para apenas dois pontos (84 x 82), com 03:38 por jogar. Neste momento, novamente surgiu a força de Russell Westbrook, que com seis pontos nos minutos finais, sacramentou o triunfo de OKC.

Pelo lado do Thunder, destaques usuais para Durant (19 pts, 8 rbt, 8 ast) e Westbrook (19 pts, 10 rbt, 6 ast), alem das já citadas efetivas participações de Morrow, com 12 pontos e quatro rebotes e de Jackson, com 16 pontos.

Já o Heat, teve o retorno de Dwyane Wade, com 18 pontos e seis assistências e os 16 pontos e sete rebotes de Chris Bosh. Antes de se machucar, Whiteside converteu dez pontos e apanhou dois rebotes.

Ambas as equipes voltam à quadra amanhã e longe de seus respectivos domínios. O Thunder encara o Verizon Center e o bom jogo de perímetro do Washington Wizards, enquanto o Heat busca a recuperação contra um animado Charlotte Hornets, que deverá contar com o retorno de Kemba Walker, em duelo direto pelos playoffs do lado direito do mapa.

%d blogueiros gostam disto: