Wolves perde a invencibilidade em 2015

kings_wolves

Atuando no Target Center, diante de 13.337 espectadores, o Minnesota Timberwolves (5-26) chegou à incômoda marca de dez derrotas consecutivas, ao perder para o Sacramento Kings (14-19) por 110 a 107. É notório que a franquia de Minneapolis sofre com um arsenal de contusões (Rubio, Martin e Pekovic continuam ausentes), mas era quase impossível crer numa campanha tão pífia com cerca de 40% da temporada regular já concluída.

O Kings disputou um back-to-back, já que vinha de uma acachapante derrota para o Boston Celtics no último dia de 2014. Novamente, o quinteto titular monopolizou a pontuação, com todos os starters marcando ao menos 14 pontos. Darren Collison e Rudy Gay marcaram 21 pontos cada um, enquanto DaMarcus Cousins fez 19 e ainda apanhou sete rebotes. O sempre criticado Derrick Williams teve uma boa atuação contra sua ex-equipe, combinando 17 pontos, cinco assistências e dois roubos de bola.

Pelo lado dos lobos, mais uma boa atuação do novato Andrew Wiggins, que marcou 27 pontos e buscou nove rebotes. Numa temporada marcada por contusões sérias de alguns calouros, o canadense surge como favorito ao prêmio de ROY, mesmo com toda a campanha ruim do Wolves. O senegalês Gorgui Dieng contribuiu com 15 pontos e dez rebotes, enquanto Maurrice Williams saiu do banco de reservas para adicionar oito pontos e igual número de assistências.

O placar do jogo mostra uma partida equilibrada, mas curiosamente o Kings jamais esteve atrás do placar. Fez um primeiro quarto muito bom (37 x 29), mas o time da casa foi tirando a diferença bem a conta-gotas, culminando com um empate em 99 pontos, já no último quarto. A partir daí, a maior experiência dos californianos fez a diferença, ainda que uma cesta de três de Shabazz Muhammad tenha reduzido a diferença para 1 ponto, faltando 3.6 segundos para o final. Collison sofreu falta, acertou os dois lances livres e na sequência, Troy Daniels errou o chute que levaria o jogo para a prorrogação.

O Kings voa para Michigan, enfrentando o Pistons no próximo domingo. Já o Wolves retorna à quadra um dia antes, recebendo o instável Utah Jazz.

%d blogueiros gostam disto: