Na Terra da magia, Jodie Meeks foi o mágico da noite

O Detroit Pistons emplacou a terceira vitória consecutiva, logo após a polêmica saída de Josh Smith, vencendo o Orlando Magic, no Anway Center, por 109 x 86. Graças a espetacular atuação de Jodie Meeks, maior investimento do time na FA passada, com 34 pontos sendo 9 cestas de três pontos (maior marca de um jogador na atual temporada nesse quesito).

O primeiro quarto começou com o Magic comandando as ações, abrindo 9-4 e depois 18-12, graças ao trio Nikola Vucevic, Victor Oladipo e Elfrid Payton. A equipe de Orlando venceu o primeiro quarto por 21-20. No segundo quarto, Jodie Meeks entrou, como sempre acontece com Detroit, comandando a reação do time visitante, fazendo 20 pontos no quarto, sendo 6-6 em bolas de três pontos. Com isso o Pistons foi para o intervalo coma vantagem de 7 pontos (54-47). Cabe ressaltar também a ajuda de André Drummond com 8 pontos e 10 rebotes.

Na volta do intervalo, a equipe da cidade de Detroit foi muito segura, ao abrir 16 pontos faltando 04:27 para o término do terceiro quarto, não sendo mais ameaçado no placar. Drummond fez um terceiro quarto sensacional com 9 pontos e 12 rebotes totalizando 17/22. No meio para o fim deste quarto, a equipe da Flórida fez uma coisa que o autor deste post condena: o Hack-a-Drummond (sabedor da enorme dificuldade que o pivô do Pistons possui em lances livres). Talvez por isso Drummond não tenha aumentado seus números no jogo ainda mais.

No quarto derradeiro, Meeks voltou a ser destacar e com mais 3 bolas de três (quase igualando o recorde de Joe Dumars em 1994, quando conseguiu 10 bolas), ajudando assim o Pistons a se impor de forma categórica e vencer por 109 x 86.

DESTAQUES DAS EQUIPES NO JOGO

Detroit Pistons:

Jodie Meeks: 34 pontos, 9-11 em bolas de três pontos;

André Drummond: 17 pontos, 22 rebotes e 3 tocos;

DJ Augustin: 11 pontos e 10 assistências.

Orlando Magic

Victor Oladipo: 16 pontos;

Tobias Harris 15 pontos e 8 rebotes;

Nikola Vucevic 10 pontos.

Notas:

Stan Van Gundy anunciou no dia de ontem que o Detroit Pistons será seu último trabalho dentro da NBA. Ele que tem contrato até o final da temporada 2018-2019 como treinador e é presidente de operações da equipe. Ele que comprou uma casa aos redores de Michigan e trouxe sua família junto com ele. Para não assustar os torcedores da franquia, Van Gundy anunciou:”Detroit será sim meu último trabalho”, mas não disse que será apenas cinco anos previstos no contrato.

Andre Drummond igualou a marca de Shaquille O’Neal ao atingir pela décima primeira vez na carreira mais de 20 rebotes tendo 21 anos ou menos. O recorde é do pivô do Rockets Dwight Howard, que fez essa marca 13 vezes.

O Detroit Pistons volta a jogar somente no dia 02/01/2015 quando vai a New York enfrentar o Knicks e o Orlando Magic recebe nesse mesmo dia o Brooklyn Nets.

%d blogueiros gostam disto: