Nets reina sobre o Kings e sobe para sétimo no Leste

nets_kings

Atuando no Barclays Center, diante de 17.732 torcedores, o Brooklyn Nets (14-16) venceu o Sacramento Kings (13-18) por 107 x 99, chegando ao sétimo posto na Conferência Leste. O curioso é que a franquia inicou o jogo com o perímetro que veio de Cleveland, contemplando Jarrett Jack e o russo Sergei Karasev, roteando-se Joe Johnson na Posição 3, que escorou o interminável Kevin Garnett e o cada vez melhor Mason Plumlee.

Jack teve boa atuação, com 16 pontos nos cerca de 32 minutos em que esteve em quadra, enquanto Johnson obteve a mesma pontuação, mas com seis passes certos para cestas. Plumlee foi o grande destaque, combinando 22 pontos e três roubos e uma vez mais mostrando-se um grande achado, já que foi recrutado na 22ª posição do combalido e criticado Draft de 2013. Vindos do banco, Brook López e Mirza Teletovic marcaram 11 pontos cada um.

Pelo lado do Kings, que parece configurar mais um ano sem pós-temporada, nada de novo. DaMarcus Cousins teve mais uma expressiva jornada, conjugando 24 pontos e 13 rebotes, mas cometendo cinco desperdícios de bola. Rudy Gay marcou um ponto a mais que o pivô e ainda distribuiu nove assistências. Ben McLemore e Darren Collison combinaram para 27 pontos, mas a torcida de Sacramento segue sofrendo sem rotação. O banco do Kings “fez” apenas 19 pontos e “deu” míseras três assistências, números pífios que já viraram rotina na atual temporada.

O jogo em si foi bastante equilibrado no primeiro quarto, com vantagem de 1 ponto para os californianos (28 x 27). Veio o segundo quarto e as consequentes modificações em ambas as franquias, fizeram a diferença, com a partida mostrando 57 x 44 para os novaiorquinos. No segundo tempo, os períodos foram equilibrados, ainda que o Kings tenha esboçado pequena reação no quarto final, sem sucesso.

O Nets joga hoje, num quase pusilânime back-to-back contra o Bulls, no United Center. O Kings tenta se recuperar nesta quarta-feira, fazendo o quarto jogo seguido na estrada, contra o Boston Celtics.

 

%d blogueiros gostam disto: