Stan Van Gundy finalmente fala sobre a dispensa de Josh Smith

Los Angeles Clippers v Detroit Pistons

Após ter tomado a decisão mais inesperada dos últimos anos da NBA ao dispensar Josh Smith de seu contrato Stan Van Gundy e sua equipe deram uma entrevista para responder as perguntas dos repórteres que estavam no local sobre a dispensa de Smith. Vejamos abaixo alguns pontos cruciais da entrevista.

Sobre o porquê a equipe sentiu a necessidade de negociar Smith:

“Josh é o jogador de nossa equipe com a maior Usage Rate. Ele tentou a maioria dos arremessos, é um jogador que dá muitas assistências, ele fica com a bola em suas mãos muito tempo e nós teríamos de reduzir seu papel ofensivamente. Não acho que ele teria ficado feliz com isso neste momento de sua carreira e não acho que isso teria sido justo com ele, mas acredito que é algo que precisamos fazer para tentar seguir em frente.”

Sobre a forma como a Stretch Provision impactado o negócio:

“Nós ganhamos uma vantagem nas próximas duas offseasons e com o aumento previsto no CAP, acho que o valor comprometido com será uma porcentagem muito pequena do CAP. Esta regra nos ajudou muito.”

Sobre a forma como este movimento melhora o futuro da equipe:

“Eu acho que isso é melhora algumas coisas. N° 1, melhoria significativa, particularmente, na extremidade defensiva da quadra. Nº 2, ajuda o desenvolvimento de nosso núcleo de de jovens. Nº 3, Podemos adquirir outros jogadores e ter flexibilidade para novas negociações.”

O que o Pistons fará com o a vaga aberta no elenco:

Talvez encontrar um jogador que foi dispensado, um na D-League, algo assim. Ou talvez uma troca onde você envia um jogador para obter dois. Isso nos da alguma flexibilidade e flexibilidade neste momento de fazer com que as coisas melhorem é o importante. “

Sobre o porquê de ele não negociou Smith quando teve a chance na Offseason:

Foi melhor dispensá-lo do que receber os jogadores que nos foram oferecidos que comprometeriam nosso cap para as próximas três temporadas e isso teria atrapalhado nossa reconstrução. Começamos a temporada esperançosos, esperando uma temporada muito melhor do que essa que estamos tendo. Olhando para trás, eu continuo preferindo ter dispensado Smith do que aceitado alguma das negociações que nos foram oferecidas na offseason”.

%d blogueiros gostam disto: