No clássico californiano, Kings quebra sequência de derrotas

kings_lakers

O Sacramento Kings (12-15) voltou a vencer, superando o eterno rival Los Angeles Lakers (8-19) por 108 x 101, para delírio dos torcedores presentes à Sleep Train Arena, na capital da California.

A franquia se recuperou após uma quina de derrotas, que a derrubou na tábua de classificação da disputada Conferência Oeste. No momento, o Kings ocupa a 11ª posição, com dois jogos de desvantagem para o New Orleans Pelicans, atual oitavo colocado. A derrocada recente pode ser explicada pela ausência do pivô DeMarcus Cousins, que perdeu dez jogos após ser acometido por uma meningite viral. No período sem DeMarcus, foram apenas dois triunfos.

O quarteto Cousins/Rudy Gay/Ben McLemore/Darren Collison foi responsável por 95 dos 108 pontos do Kings, com destaque para o próprio pivô, que combinou 29 pontos e 14 rebotes, enquanto Gay converteu 24 pontos e deu seis passes para cestas. Foi a primeira vitória do técnico interino Tyrone Corbin, que assumiu o time após a demissão de Michael Malone. Alguns treinadores foram rumorizados, dentre eles Mark Jackson, Chris Mullin e George Karl, mas Vivek Ranadive ainda não bateu o martelo.

Do lado do Lakers, se vive um grande dilema, já que a pick de primeira rodada no próximo recrutamento migrará para o Suns, caso os angelinos fiquem acima da sexta escolha. Nick Young foi o cestinha da equipe, vindo do banco com 26 pontos e cinco rebotes. Kobe Bryant fez um ponto a menos que o companheiro, pegou igual número de rebotes, mas cometeu nove desperdícios de bola, enquanto Jordan Hill fez oito pontos e reboteou em nove oportunidades.

O jogo em si foi bastante equilibrado, com várias trocas de liderança e um melhor primeiro tempo do Lakers, que foi para o intervalo com oito pontos de vantagem (60 x 52). No terceiro quarto o Kings foi bem superior (29 x 20), mantendo a performance no período final.

Curiosamente o próximo jogo de cada franquia será contra o mesmo adversário, altamente indigesto. Ambas as equipes enfrentarão o líder Golden State Warriors, com o Kings num back-to-back, jogando em Oakland. Na terça, será a vez do Lakers duelar contra Stephen Curry e sua trupe, mas atuando no Staples Center.

 

 

%d blogueiros gostam disto: