Direto do DM – Jogadores lesionados da semana

Jeff Teague

É estreia de uma nova coluna aqui no Timeout Brasil, o seu portal para notícias de basquete! Nesta coluna, vamos falar dos jogadores dodóis – os que foram pro Pronto Socorro e voltaram de Benzetacil tomada e um diagnóstico de virose, os que botaram a mão no joelho e chamaram pela mamãezinha, e aqueles cujos tendões se foram e não voltam tão cedo.

Como não se pode escrever extensamente sobre todos os jogadores lesionados numa liga de 450 atletas que se degladiam 82 vezes por ano, colocamos logo abaixo da matéria a lista dos principais jogadores lesionados e sua expectativa (ou não) de retorno.

Não há dúvidas de que a saúde é a preocupação principal, se não dos jogadores, das equipes do esporte profissional. Ganhar mais jogos na temporada regular e chegar baleado nos playoffs é uma preocupação que fica patente, por exemplo, na maneira que Gregg Popovich, técnico do San Antonio Spurs, frequentemente poupa os seus jogadores mais velhos na segunda noite de um back-to-back, que é quando times jogam dois jogos em duas noites.

E foi num jogo desses, na última Segunda dia 15, no qual os atuais campeões não contavam com Duncan, Parker ou Ginobili, que uma sequência de 107 jogos seguidos foi comprometida: Robin Lopez, que foi titular em todos os jogos desde que chegou ao Portland Trail Blazers, disputou um rebote desengonçadamente com Boris Diaw e quebrou sua mão direita em dois lugares.

Em retrospecto, uma das maiores razões para a descrença quanto à performance dos Blazers nessa temporada foi exatamente essa: Não seria possível que quatro de cinco titulares conseguissem novamente jogar todos os 82 jogos da temporada regular. Após saber da gravidade da lesão de Lopez, o técnico Terry Stotts disse “não há dúvidas de que a última temporada foi excepcional em questões de saúde”, lembrando de um tempo mais feliz, não muito distante.

No entanto, mesmo com seu pivô titular fora de combate até Fevereiro e diante da possibilidade de jogar pela primeira vez em muito tempo sem dois de seus titulares devido a uma contusão no pulso de Nicolas Batum, Stotts deve sentir-se abençoado após a partida de Quarta-Feira (17) contra o Milwaukee Bucks, que já não contava com seu calouro estrela, Jabari Parker, que, por causa de uma lesão no joelho sofrida Segunda contra o Phoenix Suns, não joga mais essa temporada.

Ao lado de Ersan Ilyasova, John Henson e Damien Inglis, Parker assistiu ao jogo desde a sideline sem uniforme, e viu uma cena preocupante: a outra sensação jovem dos Bucks, Giannis Antetokounmpo (esse aí precisa de um apelido urgente), torceu o tornozelo sozinho ao tentar uma bandeja num contra-ataque. Jason Kidd, técnico dos Bucks, expressou sua frustração com a má sorte recente de seu time: “você nunca quer ver ninguém se machucar. É parte do jogo, mas duas lesões seguidas em dois de seus jogadores mais jovens te deixam um pouco nervoso”.

Por mais que o retorno quase instantâneo de Giannis não pareça nada se comparado à reabilitação extensa que aguarda Parker, o Bucks está ao lado do New York Knicks como os times da NBA com mais jogadores indisponíveis – em ambos os casos, cinco contusões. Só que no caso do time de Milwaukee, há ainda outro jogador que não pode jogar:

Larry Sanders, o líder em faltas cometidas na temporada atual, não corre risco de lesionar alguém no jogo contra o Kings por causa de um empurrão nas costas de Batum na partida contra os Blazers, o que foi considerado motivo para suspensão de um jogo. Batum caiu batendo a cabeça e ficou desorientado, mas a maior preocupação é o inchaço em seu pulso direito decorrente do tombo, que pode tirá-lo da revanche contra os Spurs, dessa vez em San Antonio, e com Duncan e cia. em quadra.

É seguro dizer que tanto Kidd quanto Stotts, que perseguem vagas de playoff em suas respectivas conferências, têm ainda muitos ajustes pra fazer, nessa jovem temporada que já representou, para um, como uma promessa adiada; e, para outro, como uma volta à dura realidade.

Elencamos agora os principais jogadores que não jogam, e especulamos sobre quanto tempo eles ainda ficarão sem jogar:

Jeff Teague, do Atlanta Hawks, não jogou contra o Cleveland Cavaliers mas deve retornar para o jogo de Sábado dia 20.

Brook Lopez, do Brooklyn Nets, tem dores na coluna e é decisão do técnico para o jogo contra os Cavs na Sexta (19).

Lance Stephenson, do Charlotte Hornets, dançou o créu com muita empolgação (só que não) e deu um mau jeito na região pélvica (essa parte é verdade). É improvável que jogue contra o Philadelphia 76ers na Sexta, mas, mesmo se não jogar, é provável que retorne logo depois.

Derrick RoseTaj Gibson dos Bulls não jogam contra os Knicks, mas não devem perder mais jogos.

Andrew Bogut  e David Lee do Golden State Warriors preenchem a torcida pelos Splash Bros. sem uniformes por enquanto. Bogut está fora por muito tempo (mas não para a temporada inteira), enquanto Lee, que esteve fora por muito tempo, deve retornar “dentro de uma semana”, segundo o técnico Steve Kerr.

Jason Terry do Houston Rockets vai ser papai e não joga contra os Hawks no Sábado; Dwight Howard, com dores no joelho, será uma decisão do técnico momentos antes do jogo.

George Hill Paul George do Indiana Pacers não jogam antes do ano novo: Hill não retorna até Janeiro, e Paul não joga mais essa temporada.

Steve NashXavier Henry dos Lakers não jogam mais na temporada 2014-2015.

Danny Granger do Miami Heat ficou dois jogos fora com uma doença mas deve retornar Sexta. Chris Bosh está sendo avaliado pelos médicos para saberem em quanto tempo deve retornar às quadras, e Josh McRoberts não retorna essa temporada.

Jabari Parker, do Milwaukee Bucks, não joga mais nessa temporada.

Kevin Martin e Ricky Rubio do Minnesota Timberwolves devem estar à disposição de Flip Saunders em Janeiro; já Nikola Pekovic não tem previsão de retorno.

Eric Gordon do New Orleans Pelicans está com o ombro lesionado e não tem previsão de retorno.

Carmelo Anthony e JR Smith do Knicks não jogaram contra os Bulls mas devem retornar para a partida de Sábado contra Phoenix.

Joel Embiid do Philadelphia 76ers não retorna para a temporada.

Robin Lopez do Portland Trail Blazers deve retornar em Fevereiro.

Kawhi LeonardTony Parker de San Antonio lidam com contusões de pouca gravidade na mão e na coxa, respectivamente, e devem estar disponíveis para o jogo de Sexta contra os Blazers.

DeMar DeRozan DeStoa dos demais jogadores no roster do Toronto Raptors – é o único que vai aos jogos sem uniforme, e não tem previsão de entrar em quadra.

%d blogueiros gostam disto: