Celtics e Mavericks chegam a acordo e Rondo vai para Dallas

Rajon Rondo

Uma notícia que surpreendeu a todos na noite de ontem (18), o armador Rajon Rondo não é mais jogador do Boston Celtics e agora defenderá o Dallas Mavericks.

Ambas as equipes iniciaram negociações na última quarta-feira (17) quando foi divulgado que a equipe celta estaria aberta a propostas por seu armador, e após um dia de negociação os dirigentes chegaram num acordo.

O Mavericks enviou para o Celtics três jogadores, o pivô Brandan Wright, o ala Jae Crowder e o armador Jameer Nelson além de duas escolhas de Draft, uma de primeira rodada para o recrutamento de 2015 e uma escolha de segunda rodada para um recrutamento futuro. Além do Rondo, o Celtics enviou para Dallas calouro Dwight Powell na troca.

A escolha de primeira rodada para o Draft de 2015 possui algumas restrições, sendo protegida para o Draft de 2015 nas escolhas 1 a 3 e 15 a 30, portanto a equipe celta apenas terá direito a esta pick caso o Mavericks não se classifique para os playoffs. Para os recrutamentos de 2016 a 2020, a pick é protegida para as escolhas 1 a 7. Devido a estas proteções, o Celtics deverá apenas fazer uso da escolha a partir do recrutamento de 2016.

Chris Mannix da Sports Illustrated informou anteriormente que o Celtics planeja trocar os jogadores recebidos nesta negociação antes do dia 19 de fevereiro, que é a data limite para e as franquias realizarem trocas, e isso explica o motivo pelo qual a equipe Celta concretizou a negociação de forma tão rápida. Com dois meses e um dia até a Deadline, o Celtics será capaz negociar os jogadores obtidos nesta troca visto que após uma negociação a equipe necessita permanecer com o jogador pelo menos 60 dias antes de negociá-lo novamente. Com isso, a equipe celta poderá utilizar os jogadores vindos de Dallas para novos negócios e talvez este seja o motivo pelo qual o repórter Baxter Holmes do The Boston Globe disse que o Celtics estaria “muito satisfeito” com o que eles conseguiram em troca de Rondo.

Com a chegada de Rondo, o Mavericks obtem um distribuidor de elite que defende sua posição excepcionalmente bem. Ele lidera a NBA em assistências por jogo (10,8) nesta temporada, algo que ele também fez em 2011-12 (11,7) e 2012-13 (11,1).

Rondo é foi escolhido cinco vezes para os All-NBA Team (times defensivos ideais), sendo duas vezes para o NBA All-Defensive first team (2010, 2011), duas vezes para o All-NBA second team (2009, 2012) e um uma vez para All-NBA third team (2012).

Rajon Rondo já tem uma data prevista para reencontrar sua ex franquia, o Mavericks vai até Boston para enfrentar o Celtics no dia 2 de janeiro de 2015.

Como consequência desta negociação, o Celtics foi obrigado a dispensar o pivô brasileiro Vitor Faverani para criar espaço no elenco para a chegada dos novos jogadores.

%d blogueiros gostam disto: