Three Seconds: Os (não tão) bons amigos

bos_g_celtsts_576

Em um ambiente tão competitivo quanto a NBA é difícil acreditar que cinco jogadores de times diferentes tenham um grupo de Whatsapp particular onde se falam constantemente e compartilham histórias e fotos. Mas é bastante explicável quando esses atletas conquistaram um título juntos pelo Boston Celtics.

Neste domingo (07), o ala do Washington Wizards, Paul Pierce, afirmou que existe um grupo formado pelos jogadores do Boston Celtics campeão de 2008. Kevin Garnett (Brooklyn Nets), Kendrick Perkins (Oklahoma City Thunder), Glen Davis (Los Angeles Clippers) e o único remanescente da equipe com mais títulos da NBA, Rajon Rondo, são os únicos membros desse grupo restrito.

Qual a história por trás disso? Fofoca. Se você olhar atentamente verá que um jogador importante daquela equipe não está no grupo de amigos. Trata-se de Ray Allen, que está sem time no momento.

A saída de Allen de Boston para atuar (e conquistar um título) no Miami Heat não foi bem digerida pelos ex-companheiros de equipe. Várias declarações de ambos os lados demonstraram que tanto Pierce quanto Garnett não faziam nenhuma questão de se relacionar com o ala-armador.

Mas os reais problemas de Allen são com Rondo. As desavenças entre os dois vem desde quando eram companheiros de equipe. Segundo o armador, Ray não gostou quando Doc Rivers (técnico de Boston) mudou o estilo de jogo e ordenou que a bola ficasse mais tempo na mão de Rajon e por isso, o recordista de três pontos teria ficado com ‘ciúmes’ e decidido deixar Boston.

A história de Allen é diferente. Em 2009, Danny Ainge (GM do Celtics) tinha articulado uma troca com o Phoenix Suns envolvendo os dois jogadores em troca de Amar’e Stoudemire, Leandrinho e a 14ª escolha do Draft de 2010. Rondo acreditou que seria Ray o culpado por uma possível troca e parou de falar com ele.

Com sérios conflitos com Rivers e Ainge, Allen resolveu levar seus talentos para South Beach e acabou virando um traidor em Boston.

O fim do Big Three do Celtics não foi apenas traumático para os torcedores do time, aparentemente alguns dos bons companheiros daquela equipe não engoliram jogos de ego e problemas de relacionamento que minaram aquele time montado para vencer.

Mesmo depois de alguns anos e o fim da carreira se aproximando para os principais membros do time campeão de 2008 algumas feridas seguem abertas, mas deve ser muito divertido participar de um grupo do Whatsapp com Garnett, Rondo, Pierce, Davis e Perkins. E os torcedores do Celtics devem estar com muita saudade desse pessoal todo jogando junto.

E a pergunta que não quer calar é: Será que o White Mamba, Brian Scalabrine, faz parte do grupo?

%d blogueiros gostam disto: