Ajuda, José!

Jose Calderon

José Calderón, recuperado da lesão na panturrilha que o fez perder os 13 jogos inicias da temporada do New York Knicks, faz, até então, campanha de 9 pontos por partida, 3.8 assistências e 5 rebotes.

Mas, além dessas estatísticas, como ele pode melhorar o basquete do time de New York? Derek Fisher, treinador do Knicks, falou sobre Calderón, “José é importante não só por ajudar o time ofensivamente pontuando e com a movimentação de bola, mas também por sua liderança. Ele é o tipo de jogador que melhora a química do time, que põe os jogadores juntos.”

Apesar de não ser dos melhores defensores, Caldéron ajudará a parte ofensiva do time de New York. Diferentemente de Prigioni, que pouco arremessa quando contestado (e pouco arremessa para dois pontos, focando seu ataque no lances de três pontos) e de Shane Larkin, que não é dos melhores chutadores, José é uma opção confiável para o ataque Nova Iorquino .

Na temporada 2013-2014, o veterano de 33 anos teve um aproveitamento de 45,6% nos chutes de quadra e 44,9% nos chutes de fora do arco.

O time de New York, que é tão dependente do All Star Carmelo Anthony para pontuar, tem uma nova válvula de escape para o seu ataque.

O Knicks está com uma campanha de apenas quatro vitórias e 14 derrotas, ocupando a 12ª posição na conferência Leste.

A ajuda de Calderón influenciará na campanha do New York Knicks levando-os aos PlayOffs ou a fraca defesa falará mais alto?

%d blogueiros gostam disto: