Teve magia no deserto e não foi o Aladdin

magic_suns

Num resultado surpreendente, o Orlando Magic (7-12) foi ao Arizona, venceu o Phoenix Suns (10-8) por 93 x 90 e pôs fim à série de quatro derrotas consecutivas. Cumpre salientar que a franquia da Florida possui melhor desempenho como visitante (foi a quinta vitória em 12 jogos) do que como mandante (dois triunfos e cinco derrotas).

Pelo lado do Magic, destaques para Tobias Harris, com 21 pontos e oito rebotes e para o pivô montenegrino Nikolas Vucevic, que vive excelente temporada, apanhando os mesmos oito rebotes e convertendo 18 pontos. O jogo parecia fácil e a franquia  chegou a abrir 16 pontos no terceiro quarto, antes da reação do Suns.

Do lado dos comandados de Jeff Hornacek, o esloveno Goran Dragic anotou 22 pontos, combinados com oito rebotes, enquanto Markieff Morris teve mais um double-double, com 18 pontos e dez rebotes. Destaque negativo para os seis turnovers de Eric Bledsoe, que ainda acabou a partida pendurado com cinco faltas.

O Magic continua pelo Oeste e o próximo compromisso é bastante complicado, atravessando a Golden Gate para enfrentar Stephen Curry e os Warriors. Já a recuperação do Suns poderá vir contra o Pacers, novamente no US Airways Center, com ambas as partidas ocorrendo nesta terça-feira.

%d blogueiros gostam disto: