Sem Gay, Collison e Malone, Cousins depena o Pelicans

kings_pelicans

Atuando fora de casa e com o Smoothie King Center recebendo 17.037 torcedores, o Sacramento Kings (9-5) deu sequência à sua surpreendente escalada e venceu o New Orleans Pelicans (7-6) por 99×89, voltando ao zonal dos playoffs da NBA.

Sem dois de seus principais jogadores (Rudy Gay e Darren Collison) e tendo o treinador Michael Malone expulso no segundo quarto, após áspera discussão com o árbitro Eric Lewis, DeMarcus Cousins assumiu as rédeas da partida e não se intimidou com a presença de Anthony Davis liderando o garrafão adversário. DeMarcus marcou 22 pontos, pegou 12 rebotes e ainda roubou três bolas nos quase 35 minutos em que esteve em quadra, tendo valoroso auxílio do discutido israelense Omri Casspi, que obteve a mesma pontuação do pivô. Os dois armadores disponiveis também ajudaram bastante, com Ramon Sessions iniciando como titular (15 pts, 6 ast) e Ray McCallum contribuindo com 12 pontos.

Pelo lado da franquia da Louisiana, que continua sem conseguir emendar uma série de vitórias, Ryan Anderson surgiu do banco com 20 pontos e cinco rebotes, mas o principal destaque foi Tyreke Evans, com 22 pontos, sete rebotes e cinco assistências. Davis, como já salientado, sofreu com Cousins e limitou-se a 14 pontos e 9 rebotes, marcas bem abaixo da fantástica temporada que faz.

O Kings terá que comemorar a vitória no vôo para Houston, já que enfrenta James Harden e os Rockets na noite de hoje. Já os jogadores do Pelicans poderão assar o peru com as famílias para o Thanksgiving, voltando à quadra apenas na sexta-feira, num complicado confronto contra o Hawks, em Atlanta.

%d blogueiros gostam disto: