Para o Heat, um tapinha de Al Jefferson não dói

heat_hornets

Num jogo emocionante só decidido no final, em que nos últimos 25 segundos, Kemba Walker cometeu um erro bobo, Mario Chalmers um turnover colegial e na sequência Walker novamente não encestou, com um tapinha derradeiro de Al Jefferson milagrosamente não terminando em cesta, o Miami Heat (8-6) venceu o Charlotte Hornets (4-10) por 94×93, diante de 19.693 torcedores na American Airlines Arena.

Pela franquia da Florida, destaque para o cada vez mais adaptado Luol Deng (26 pts, 8 rbt), que atuou por quase 38 minutos. Chris Bosh e Chalmers fizeram 20 pontos cada, sendo que o pivô ainda apanhou dez rebotes, mesmo número de assistências do armador. E cabe registrar mais uma boa atuação do calouro Shabazz Napier, que encestou quatro dos cinco tiros de 3 que tentou e ainda roubou duas bolas.

Pelo lado do Hornets, que cumpre campanha muito aquém das expectativas até aqui, Al Jefferson foi novamente o grande destaque, mesmo sem ter se tornado herói no ato final. O pivô anotou 22 pontos e pegou 12 rebotes, sendo razoavelmente escorado por Kemba Walker, que igualmente falhou em decidir, mas finalizou a partida com 16 pontos, sete assistências e três roubos, além de ter desperdiçado a posse de bola em três ocasiões.

O Heat tenta vencer a terceira na fileira recebendo o Los Angeles Clippers, num back-to-back para ambas as franquias. Já a recuperação do Hornets poderá vir amanhã e em casa, num dificílimo confronto contra o Golden State Warriors.

%d blogueiros gostam disto: