Blazers ficam a 1 ponto de recorde e engolem os Nuggets

blazers_nuggets

 

Com uma atuação praticamente perfeita no primeiro tempo e enfrentando um adversário que não se encontra na temporada, o Portland Trail Blazers (6-3) venceu o Denver Nuggets (1-6) por 130 x 113 em pleno Pepsi Center. O grande destaque fica por conta do primeiro tempo da equipe do Oregon, com vitória por 84 x 50, ficando um mísero ponto abaixo do recorde da franquia, obtido com os 85 pontos assinalados contra o Kings em fevereiro de 1992. De qualquer sorte, o score da primeira etapa é o maior da NBA desde que o Warriors fez 86 pontos contra o Raptors em março de 2011.

Pelo lado dos Blazers, destaques para  Damian Lilard (27 pts e 9 ast) e Robin Lopez (19 pts e 5 rbt), além dos 6 tocos do ala-pivô LaMarcus Aldridge. No segundo tempo e com larga vantagem obtida, o time desacelerou e reservas como Kaman, Blake e McColumm ganharam boa minutagem. Já em relação aos representantes do Colorado, a campanha pífia até aqui foi contemplada com mais um revés, mesmo com os 32 pontos do cestinha Ty Lawson e a boa participação de JJ Hickson, que no seu segundo jogo na temporada veio do banco para assinalar 14 pontos e apanhar 11 rebotes.

A situação de Brian Shaw começa a ficar bastante delicada e as críticas começam a consumir seu trabalho, notadamente quanto a não fazer render um garrafão tão promissor e com boa rotação. O Nuggets no momento só tem campanha melhor do que Lakers e Sixers, muito pouco para uma franquia que antes da temporada era tida como candidata às vagas finais do Oeste. Mas a verdade é que Aaron Afflalo ainda não se encontrou em Denver e Timofey Mozgov não é nem sombra do jogador da pré-temporada, bem como o intrigante Jusuf Nurkic clara e justificadamente ainda precisa se adaptar às nababescas diferenças entre a NBA e a Liga Adriática.

Já em Portland e mesmo sem um banco confiável, a pós-temporada é uma possibilidade bastante real, principalmente se Aldridge e Lilard mantiverem o nível ao longo da temporada regular. O Blazers volta a quadra no sábado e em casa, para o duelo dos irmãos López, enquanto o Nuggets tenta se recuperar amanhã,  visitando um animado Pacers que na noite de ontem protagonizou grande surpresa ao limitar o Heat a 75 pontos e trazer a vitória da Florida.

%d blogueiros gostam disto: