Na noite de recorde alemão, Raptors é que faz o 7×1

magic_raps

O Toronto Raptors confirmou a sua excelente fase e chegou a sétima vitória na temporada (a quinta em fileira) em oito partidas disputadas. A franquia canadense enfrentou um Orlando Magic bastante inspirado, tendo inclusive perdido os três primeiros períodos e ingressado no quarto final com uma desvantagem de 11 pontos. Mas no último quarto, prevaleceu a maior categoria de DeRozan e cia que numa parcial de 32 x 17, fecharam o jogo em 104 x 100.

Pelo lado dos dinossauros (trajando um discutível uniforme camuflado), seis jogadores pontuaram em dígitos duplos, com destaque para o armador Kyle Lowry combinando suas sete assistências com 19 pontos. Oriundo do banco de suplentes, Patrick Patterson acertou quatro de cinco arremessos de quadra (12 pontos no total) e apanhou quatro rebotes, enquanto que o brasileiro Bruno Caboclo “ficou de serviço” integralmente no banco.

Pelo lado dos vizinhos do Mickey, Channing Frye marcou espantosos 16 pontos no primeiro tempo, mas converteu apenas mais três em toda a segunda etapa. O cada vez melhor Tobias Harris produziu um double-double (23 pts / 13 rbs) e Evan Fournier foi o cestinha da partida com 24 pontos.

Enquanto o Raptors segue ponteando o Leste, o Magic amarga uma campanha de duas vitórias e seis derrotas, estando apenas a frente do virginal Sixers no lado direito do mapa. Na noite dos recordes dos dinossauros Kobe e Dirk, a pré-história segue fazendo história.

Ambos os times voltam a jogar na noite de amanhã, com o Raptors recebendo o Bulls e o Magic visitando o Madison Square Garden para duelar contra o Knicks.

 

%d blogueiros gostam disto: