Loteria do Draft pode mudar

nba-draft-lottery

Esta quarta-feira pode ser um dia decisivo para todas as franquias da NBA. Uma considerável mudança na Loteria do Draft está bem próxima e é necessário que oito equipes se oponham à nova proposta, para que ela não vire realidade.

Por enquanto, de modo declarado, apenas Philadelphia Seventy-Sixers e Oklahoma City Thunder confirmaram que votarão contra a modificação. No caso dos Sixers, a explicação é simples e lógica. A franquia encontra-se mergulhada num pesado estágio de reconstrução, clarificada no último draft, quando optou por dois atletas de claro potencial, mas que não poderão atuar na temporada que começa na próxima terça-feira. A estratégia da equipe da Pensilvânia tem causado grande antipatia na Liga, que entende que o processo de tank atual ultrapassou os limites do aceitável.

No caso do Thunder, o GM Sam Presti, em conversas com outros executivos, transpareceu a preocupação que tal mudança prejudicará bastante as franquias menores, que naturalmente tem menos acesso aos all-stars e seus caros contratos e teriam menor possibilidade de recrutar os melhores atletas, com consequente aumento do desequilíbrio na Liga.

Pela sistemática a ser votada, ao invés de 25% de chances de obtenção da desejada pick 1, a franquia com pior desempenho na temporada anterior teria apenas 12% de conquistar a escolha inicial. A segunda pior franquia, ao invés dos atuais quase 20%, teria os mesmos 12%, percentual igual também para a terceira e para a quarta equipe com pior retrospecto.

Atualmente, se tudo der errado, a franquia de pior ranking adquire o direito de escolher na quarta posição. Com a nova proposição e imaginando um desastre apocaliptíco, o General Manager do lanterna poderá ser ver com a sétima escolha.

Voltando ao que chamamos atualmente de picks lotéricas, as três piores equipes possuem respectivamente 64%, 56% e 47% de chances de ficarem com realmente uma das três primeiras escolhas. Se a proposta passar, os referidos times passam a ter apenas 35% de rumarem à loteria, a mesma chance por exemplo da quarta pior e quase a mesma da quinta com menos vitórias (34%). A idéia por trás disso é que com uma menor possibilidade de seleção dos melhores calouros, o processo de tank seja desencorajado.

O assunto é fundamental para o futuro das franquias, com impacto direto nos modelos de reconstrução. O dia de amanhã promete e a decisão é uma verdadeira loteria.

E você, o que acha? Deixe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: