GGG – Global Games Garbage?

heat_cavsAmigos,

Tive o privilégio de assistir ontem in loco ao duelo entre Miami Heat e Cleveland Cavaliers, com vitória da franquia de Ohio por 122×119, na prorrogação. O esperado reencontro entre Lebron James e o Miami Heat aconteceu no Brasil, o que nos enche de orgulho. Mas James teve uma tarde/noite bastante tímida, somando apenas 7 pontos e 8 assistências e de certa forma decepcionando grande parte dos cerca de 15 mil torcedores presentes.

Cabe ressaltar a excelente atuação ofensiva de Kevin Love, cestinha do confronto com 25 pontos e o jogo simples e eficiente de Matthew Dellavedova, que apesar de ejetado com seis faltas, provou que pode ser um backup eficiente para Kyrie Irving. Sobre Anderson Varejão, teve uma contribuição no ataque importante, somando 14 pontos e levando a torcida ao delírio. Dos jogadores oriundos do banco, Tristan Thompson assumiu as rédeas, quando lamentavelmente os treinadores de ambas as franquias optaram pelos reservas.

Pelo lado do Heat, atuação bastante discreta de Luol Deng (8 pontos, 2 assistências e 3 rebotes) e um pouco melhor de Dwyane Wade (12 pontos, 7 assistências e 3 rebotes). Do quadro titular, Chris Bosh se destacou com 19 pontos e 8 rebotes. Dentre os reservas, temos que ressaltar o calouro Shabazz Napier, que incendiou o jogo e comandou a reação, junto com James Ennis.

Como já dito antes, é inexplicável que na metade do terceiro quarto, os treinadores tenham aberto mão dos principais jogadores. Evidente que sabemos que é início de temporada, com riscos de contusões e afins. Mas não deixa de ser desrespeitoso com os torcedores, que claramente pagaram para ver Lebron, Love, Wade e Bosh ao invés de Amundson, Holt e Birch.

Que no ano que vem, tenhamos os craques por mais tempo na Arena. De qualquer sorte, a emoção é indescritível.

%d blogueiros gostam disto: