Previsão da Temporada: Charlotte Hornets

Hornets

Equipe: Charlotte Hornets

Conferência: Leste

Divisão: Sudeste

Temporada 2013-14: 43V-39D, 7º colocado na conferência Leste.

Playoffs: Eliminado na primeira rodada para o Miami Heat.

Elenco (Até o momento)

Armadores: #15 Kemba Walker / #22 Brian Roberts / #5 Jannero Pargo / #3 Justin Cobbs

Ala-armadores: #1 Lance Stephenson / #12 Gary Neal / #19 PJ Hairston

Alas: #9 Gerald Henderson / #14 Michael Kidd-Gilchrist / #44 Jeff Taylor / #21 Dallas Lauderdale

Ala-pivôs: #2 Marvin Williams / #11 Noah Vonleh / #40 Cody Zeller

Pivôs: #25 Al Jefferson / #8 Bismack Biyombo / #14 Brian Qvale

Treinador: Steve Clifford

GM: Rich Cho

Principal Jogador: Al Jefferson

Quem pode surpreender: Lance Stephenson, que depois de uma temporada sensacional no Indiana Pacers, onde foi playmaker e uma peça importantíssima na rotação, sempre marcando com muita intensidade. Agora terá papel maior no time do Charlotte Hornets (ex-Bobcats), sendo talvez a principal opção depois de Al Jefferson.

Calouros: Noah Vonleh, PJ Hairston e Justin Cobbs

Quem chegou: Brian Roberts, Lance Stephenson, Marvin Williams

Quem saiu: Ben Gordon, Josh McRoberts, Luke Ridnour, Anthony Tolliver, Chris Douglas-Roberts

Principal contratação: Lance Stephenson

Destaques positivos: A equipe contratou um excelente marcador para um já ótima defesa. Sem dúvida será cada vez mais difícil pontuar contra essa ótima defesa, sendo um daqueles times chatos de se enfrentar. A franquia mesmo indo bem na última temporada conseguiu uma escolha de Draft, trazendo o bom novato Noah Vonleh, considerado um dos principais steals do Draft. A chegada de Lance Stephenson vai trazer um sopro de melhora no ataque, que dependia muito de Al Jefferson e Kemba Walker. A franquia parece ter deixado o lado perdedor para trás e começa a ser verdadeiramente relevante.

Destaques Negativos: Uma equipe que já tinha um ataque limitado, pouco espaçado e deficiente em arremessos de três pontos perdeu boa parte das peças que faziam esse serviço. A saída de Josh McRoberts será muito sentido, já que ele conseguia passar a bola e espaçar a quadra, além da saída de Anthony Tolliver e dos restos mortais de Ben Gordon, que mesmo com pouco tempo de quadra eram importantíssimos para arremessar do perímetro. Veremos mais uma vez Al Jefferson abusando de seu jogo de costas para cesta. E claro, Michael Kidd-Gilchrist e seu arremesso são sempre um ponto negativo.

Resumo: A equipe se reforçou, vem com um perímetro melhorado e versátil, com defesa e criação de jogadas. Clifford terá o trabalho de decidir-se quem atuará na ala entre Gerald Henderson e Michael Kidd-Gilchrist, tendo que pensar bem no equilíbrio entre as rotação. A equipe brigará novamente para ir ao Playoffs e conta um elenco jovem, que poderá muito bem evoluir e nos surpreender, como no último campeonato. A equipe de Michael Jordan tem cada vez planos mais ambiciosos.

Previsão da Temporada: 6º colocado do Leste com 45V-37D.

%d blogueiros gostam disto: