Rondo afirma que quer ficar em Boston e que vão jogar duro nessa temporada.

 

dt.common.streams.StreamServer

Rajon Rondo usava uma tipoia preta em sua apresentação, para ajudar a proteger o osso reparado cirurgicamente na mão.

Já sua relação com o Boston Celtics parece saudável.

Entrando na temporada final de seu contrato, a única estrela da equipe deu uma resposta simples na última segunda-feira quando perguntado se ele quer permanecer em Boston: “SIM”, disse ele.

O armador deverá perder pelo menos as primeiras duas semanas da temporada, que começa dia 29 de outubro em casa contra o Brooklyn Nets.

Presidente de operações de basquete, Danny Ainge disse no dia do Celtics’ Media Day, que ele tentou assinar com Rondo um prorrogação de contrato, mas o acordo coletivo de trabalho fez com que Rondo esperasse mais um pouco para assinar.

Enquanto isso Rondo deve esperar para jogar até obter uma autorização médica para a lesão que, segundo ele, ocorreu quando escorregou no chuveiro.

O quatro vezes All-Star se tornou o líder indiscutível da jovem equipe desde que, Paul Pierce e Kevin Garnett foram negociados com o Nets na temporada passada. Mas ele tem sido objeto de especulações comerciais várias vezes em seus oito anos de temporada na NBA, todos em Boston.

Aos 28 anos de idade, Rondo parece ter se identificado com Brad Stevens de 37 anos, que assumiu o cargo de treinador antes da temporada passada.

“Ele é o treinador mais positivo que já joguei”, disse Rondo, que jogou suas sete primeiras temporadas sob o comando de Doc Rivers, hoje no Los Angeles Clippers. “Nós conversamos muito. Ele é, na verdade, o cara que eu gosto de trabalhar. Então é meio em incomum para o treinador não conversar com o ‘cara’ da equipe”, disse Brad.

Trabalhando na reconstrução da franquia, Stevens levou o Celtics à uma campanha negativa de 25V e 57D na temporada passada, sendo o terceiro pior registro na história da equipe. Foi a sua primeira temporada dos seis anos que ele passará em Boston, e que  assinou por 22 milhões de dólares.

Rondo perdeu os primeiros 40 jogos na última temporada se recuperando de uma grande cirurgia no joelho, e estava saudável nessa offseason até quinta-feira, dia da sua lesão.

“Eu estou apenas ansioso para voltar lá na quadra e mostrar o que posso fazer”, disse ele. “Eu sei que esse ainda não é um time campeão, mas estamos indo para uma temporada em que vamos jogar duro todas as noites”, continuou.

Ainda achando que o Celtics continua no trank, ou essa declaração muda seus conceitos?

Comente, participe!

%d blogueiros gostam disto: