GM diz que dinheiro foi fator determinante para a saída de Pierce

Washington Wizards v Brooklyn Nets

Depois de engolir um prejuízo de US $ 144 milhões na última temporada após inchar a folha salarial da equipe com a chegada de jogadores como Deron Williams e Joe Johnson e no ano seguinte Paul Pierce, Kevin Garnett e Jason Terry, o Brooklyn Nets finalmente parece ter sentido no bolso o prejuízo causado por tamanha compulsividade e a ordem agora é não esbanjar.

Exemplificando isto temos o caso da não renovação com Paul Pierce.

Pierce teve um papel significativo ajudando o Nets a se classificar para os playoffs com a sexta colocação na Conferência Leste, mas ao invés de permanecer na franquia do Brooklyn, ele optou por assinar um contrato de dois anos no valor de 10 milhões de dólares com o Washington Wizards nesta offseason mesmo após o GM do Nets, Billy King, declarar que estava interessado em manter Pierce no elenco pelo “preço certo”.

Billy King disse que o dinheiro era um fator determinante que as duas partes não chegaram a um acordo. Com Pierce aceitando os 5 milhões anuais do Wizards, o Nets economizam cerca de 20 milhões de dólares em taxas e impostos da Luxury Tax.

Como observado acima, o acordo da Pierce teria custado ao Nets mais de 20 milhões na próxima temporada, quando considerações fiscais de luxo seriam inclusas.

Na ultima temporada, o Nets precisou desembolsar a bagatela de quase 90 milhões de dólares apenas para cobrir as despesas com impostos e da Luxury Tax, o maior valor pago por uma equipe até hoje.

%d blogueiros gostam disto: