King James fala sobre foco na volta aos Cavs

basq-lebronjames-kyrieirving-cavaliers-ap

Lebron James participou, nesta sexta-feira (26/09), de sua primeira coletiva nos Cavs em cinco anos, estando com seu mais novo uniforme nas cores vinho e ouro.

Ele  abordou assuntos diversos, falou sobre a paciência que adquiriu  nos anos em que jogou pelo Heat, e também, do seu mais novo “desafio pessoal de verão”: a dieta!

Como era de se esperar, as expectativas para a equipe de Cleveland são muito grandes, e James quer o grupo focado em seu objetivo primordial, e para alcançá-lo, ele acredita que o trabalho duro, a preparação e o aperfeiçoamento diário são os métodos para a conquista, pois todas as equipes partilham do mesmo pensamento.

“Não podemos tentar ir de novembro a junho”, disse James. “Nós devemos ir de novembro a dezembro, ou não teremos chance.”

Quanto à dieta, ele deixou claro que não tinha nada a ver com basquete, era apenas um desafio pessoal. E, embora ele tenha observado que, quanto mais peso ele perdia mais veloz ele ficava (o que ajudaria os Cavs),  ele fez questão de mencionar que o seu jogo não precisa de muita ajuda.

“Tenho 29 anos e ainda posso voar por cima do aro”, disse James. “Eu não preciso perder peso para fazer isso.”

Em um ambiente “um-a-um” com a equipe da emissora Fred McLeod após a conferência de imprensa, Lebron reafirmou sua crença de que Kyrie Irving poderia se tornar o melhor armador da liga até o final do ano e ficou animado ao ver a capacidade de jogo ofensiva de Dion Waiters, no um-a-um.

Com James, Irving e Love em quadra, os garçons raramente irão se preocupar com um defensor extra, e então haverá abundância de espaço para trabalhar dentro da área ofensiva.

James ainda brincou dizendo que os Cavs “jamais devem perder uma recuperação” entre o Amor, Anderson Varejão e Tristan Thompson. Amor e Varejão estão entre os melhores reboteadores da liga, mais precisamente, na área defensiva.

E por fim, James falou sobre seu sonho de ganhar um campeonato para a equipe de sua cidade natal. “Claro que sonho com isso”, disse ele, acresentando que ganhar um título para Cleveland seria a coisa mais gratificante que ele poderia fazer em sua carreira.

Cleveland não vence um grande campeonato esportivo desde que os Browns conquistaram o título da NFL em 1964. Os Cavs, que são os favoritos para levantarem o troféu Larry O’Brien nesta temporada, nunca venceu um campeonato.

%d blogueiros gostam disto: