Com vendas baixas, camisas com mangas podem sumir da NBA

6a00e54f7fc4c5883301a511153626970c

As camisas com mangas, uma das maiores apostas da NBA em parceria com a Adidas para aumentar as vendas de camisas das franquias da liga, parecem estar com os dias contados após estagnação na procura.

A ideia inicial partiu da Adidas há mais ou menos quatro anos quando a empresa alemã verificou que vários jogadores, do high school à NBA, vestiam camisas de mangas por baixo do uniforme oficial. A ideia era fazer com que torcedores comuns, de todos os tipos físicos, tivessem a oportunidade de se vestir como seus ídolos.

A primeira equipe a usar a nova camisa foi o Golden State Warriors, o que acarretou um aumento de 93% nas vendas de uniformes da equipe nesse período inicial.

Com o sucesso, várias outras equipes optaram pelo uniforme sendo utilizado até nas noites mais famosas da NBA como no Natal e também as camisas do último All-Star Game foram com mangas.

Desde o início, vários jogadores foram contra a ideia afirmando que além de serem esteticamente prejudicados os uniformes também atrapalham a mecânica de jogo a que são acostumados. A partir daí, os fãs mais radicais começaram a criticar o uso desses uniformes, creditando até derrotas às novas camisas.

Por fim, nesta semana o jornalista Dan Feldman, da NBC Sports, afirmou que em um seminário em New York, um dos palestrantes discutiu abertamente a premissa, pra ele verdadeira, de que os uniformes com mangas da NBA não estão vendendo bem.

Se a história for realmente verdadeira, as camisas com mangas perdem o seu principal propósito que seria aumentar as vendas. E todos sabem o que acontece quando um produto passa a não ser agradável para o público, ele some.

Continuando assim, o experimento pode chegar ao fim próximo, se nada mudar. Eu acredito nas camisas de mangas como uma alternativa de venda e se for usada esporadicamente pelas equipes.

[socialpoll id=”2222270″]

 

%d blogueiros gostam disto: