Série: Os melhores de cada franquia (DIVISÃO DO PACÍFICO)

pacifico

Amigos, chegamos a penúltima divisão da NBA, e vamos falar agora sobre os melhores do Pacífico.

 

Golden State Warriors – Stephen Curry 

stephen-curry-1407921725

2013-14 Estatísticas:  24,0 PPG, 8.5 APG, 4,3 RPG, 42,4 3PT%,  24,13 PER

 

Klay Thompson, Andre Iguodala e David Lee, são todas as estrelas na porta do Golden State Warriors. A equipe também tem um par de bons jogadores, que são ótimos complementos para o plantel como Andrew Bogut e Harrison Barners, mas o melhor jogador da franquia se chama Stephen Curry.

Nesta última temporada, Curry terminou em primeiro lugar na NBA quando o assunto é o chute de três pontos. Mais do que isso, ele se tornou o tipo de jogador que pode encher uma folha de estatísticas durante todo ano.

Sem Curry, os Warriors não seriam uma equipe para brigar pela vantagem de decidir em casa na pós-temporada. Talvez não fosse nem uma equipe de playoffs, tendo em vista a grande disputa da conferência oeste.

Sem dúvidas, Curry é o nome de GSW.

 

Los Angeles Clippers – Chris Paul 

130111115348-chris-paul-flex-011113.1200x672

2013-14 Estatísticas:  19,1 PPG, 10,7 APG, 4,3 RPG, 2,5 SPG,  25.98 PER

É quase injusto escolher entre Chris Paul e Blake Griffin. Há um ano, teria sido uma escolha fácil em favor do primeiro, mas Griffin se tornou uma opção mais consistente no ataque e é hoje para muitos, o melhor power forward da NBA.

Mas por enquanto, esse status de melhor do time ainda fica com Chris Paul. É nítido o quanto Griffin evoluiu seu jogo, mas tem algumas coisas que o deixam um pouco pra trás. Exemplo disso é o percentual absurdo de CP3, que está entre os 5 maiores da NBA.

Essas estatísticas quando se trata de Paul, provam que ele ainda está um passo à frente de seu companheiro de equipe.

 

Los Angeles Lakers – Kobe Bryant 

kobebryant11

2013-14 Estatísticas:  13,8 PPG, 6.3 APG, 4,3 RPG,  10,74 PER

 

Ao projetar o quão bom Kobe Bryant estará em 2014-15, não olhe para os números acima. Essas estatísticas representam os seis jogos que disputou antes de cair em uma nova lesão.

A boa notícia para os fãs dos Lakers é que Bryant está 100%. Essa notícia vem do próprio jogador em uma entrevista para a FOX SPORTS.

Agora a questão que fica, é se ele terá condições de voltar a jogar o seu antigo basquete, e se ele voltar nesse nível, ele será o melhor jogador da liga.

Nós só teremos essa reposta, no início da temporada.

 

Phoenix Suns – Goran Dragic 

IMG_5080

2013-14 Estatísticas:  20,3 PPG, 5.9 APG, 3,2 RPG, 40,8 3PT%,  21,43 PER

Se Eric Bledsoe, em última análise reassinar com o Phoenix Suns, há uma chance de que ele faça-me engolir essas palavras e digeri-las, por não ter indicado como o melhor do time.

Bledsoe tem um conjunto de habilidades versáteis e capacidade atlética incrível, e quando essas duas características são colocadas em prática, ele se iguala a supestars.

No entanto, existem alguns problemas ao dar a Bledsoe a satisfação de ser o melhor do time. Ele ainda é oficialmente um FA restrito.

O outro problema é que ele ainda está por alcançar seu potencial real, pois a sua saúde ainda não o deixou fazer isso.

Já Goran Dragic vem de sua melhor temporada, colocando números expressivos e sendo um dos principais motivos para que o Suns chegasse aos playoffs, após ter sido considerada uma das piores equipes da conferência oeste, antes de começar a temporada.

 

Sacramento kings – DeMarcus Cousins 

demarcus-cousins-kings

2013-14 Estatísticas:  22,7 PPG, 11,7 RPG, 1,3 BPG,  26,18 PER

 

Não escolher Rudy Gay aqui é quase uma acusação sobre o que ele jogou na temporada passada.

DeMarcus Cousins está se tornando tão dominante, que não podemos mais olhar para ele com uma estrela em potencial. Apesar de apenas ter 24 anos, Cousins se tornou um dos melhores centros da NBA. Seus números brutos estão acima até que os de Dwight Howard.

A preocupação do Kings em relação ao big man, é ter que fazer com que ele evolua seu field goal para mais de 50%, e principalmente, colocar a cabeça do jovem no lugar para que ele possa adquirir maturidade suficiente e se tornar o líder do Sacramento Kings.

%d blogueiros gostam disto: