Toca Raul

Raulzinho

Amigos,

Após a incontestável vitória por  85 x 65 sobre nosso maior rival e a consequente classificação para as quartas-de-final do Mundial,  cabem considerações sobre a surpreendente atuação do armador Raulzinho, autor de incríveis 21 pontos nos dois últimos quartos de partida.

O jogador, bancado por Rubén Magnano após claudicante participação com a Seleção B, teve sua convocação bastante discutida. Muitos especialistas apontavam que o mais justo seria levar Rafael Luz como backup do intocável Marcelinho Huertas. Mas Raul, desde a partida inicial contra a França, tem demonstrado surpreendentes maturidade e resiliência e já se questiona até uma possível titularidade ainda no Mundial. Os próprios veículos de comunicação argentinos se renderam ao talento e rapidez do jovem brasileiro.

E por fim, até mesmo o Utah Jazz (detentor dos seus direitos, após trade com os Hawks) já cogita utilizá-lo num futuro próximo. O presidente da franquia Randy Rigby surpreendeu a todos antes do Mundial, ao dizer que o jogador pode ser útil também fora de quadra:

“- Ele parece ótimo. Para as nossas fãs, por sinal, ele é muito bonito. E você sabe, eu acho que, se e quando ele participar da equipe do Jazz, acho que nós vamos ter um monte de fãs do sexo feminino, que vão realmente torcer por Raulzinho”.

E após a grande atuação de ontem, Rigby deu total mostra que o atual atleta do Murica/ESP realmente jogará na terra dos mórmons:

” – Estou muito impressionado com Raulzinho. Ele está me dando muita emoção e incentivo para dizer  que temos uma pequena jóia rara aqui. Espero que seja realmente um grande trunfo para o Utah Jazz em algum tempo”

Nesta metamorfose ambulante, o mineiro de Belo Horizonte parece um veterano que nasceu há dez mil anos atrás. Que continue assim e que nenhuma mosca sérvia pouse na sopa do Brasil.

Fraterno Abraço a todos.

 

%d blogueiros gostam disto: